Parcele sua compra em até 6 vezes no cartão de crédito. Visa card MasterCard Black card American Express Black card

Os 10 melhores monumentos de Roma

Roma é um tesouro! Se você está planejando uma viagem à capital italiana, tome nota dos principais monumentos que você deve ver durante sua visita.

Isabel Catalán

Isabel Catalán

Leitura de 10 minutos

Os 10 melhores monumentos de Roma

Visitando os Passos Espanhóis em Roma | ©Natasa Dav

Roma é uma cidade monumental cheia de história, onde passear por suas ruas parece estar em um museu ao ar livre. Para onde quer que você se vire, você pode encontrar algo surpreendente para ver e se maravilhar.

Se esta é a primeira vez que você viaja para a "Cidade Eterna", neste post revisaremos os 10 melhores monumentos de Roma para que você conheça os mais essenciais que você não pode perder em sua rota do que ver e fazer em Roma. Vamos começar!

1. O Coliseu Romano

Vista lateral do Coliseu Romano| ©Den Harrson
Vista lateral do Coliseu Romano| ©Den Harrson

O Coliseu é o monumento mais importante de Roma e um símbolo da cidade. Com cerca de dois milênios de existência (e isso é o mínimo que se pode dizer), é o maior anfiteatro construído durante o Império Romano. Tinha uma capacidade de 50.000 espectadores e nenhum outro prédio excedeu esse número até o século 20.

Sua construção começou em 72 d.C. durante o reinado do Imperador Vespasiano e durante mais de cinco séculos acolheu os mais diversos espetáculos desfrutados pelo povo da época: batalhas navais, combates de gladiadores, lutas com bestas selvagens e execuções públicas de prisioneiros, entre outros.

Os últimos jogos realizados no Coliseu aconteceram no século VI d.C. e apesar de ter sofrido vários incêndios, terremotos e despojos durante a Idade Média, este monumento icônico continua a presidir a imponente paisagem de Roma.

Se sua arquitetura é impressionante por fora, por dentro do Coliseu não o deixará indiferente. Não há dúvida de que é um dos melhores monumentos de Roma e para visitá-lo sem ter que fazer fila para sempre na entrada, eu recomendo que você leia o post sobre ingressos para o Coliseu em Roma.

Comprar ingressos para o Coliseu em Roma

2. Basílica de São Pedro

Basílica de São Pedro Vaticano| ©Carlos Graterol
Basílica de São Pedro Vaticano| ©Carlos Graterol

A Basílica de São Pedro é a maior igreja cristã do mundo e um importante símbolo espiritual para os católicos, pois foi erguida sobre o túmulo de São Pedro Apóstolo (o primeiro Papa da história) que foi martirizado em Roma e cujos restos mortais descansam agora no seu interior.

No século XVI, o Papa Júlio II ordenou que fosse construído em cima de um templo anterior que o Imperador Constantino ordenou que fosse erguido no século IV d.C. e que permaneceu de pé por mais de mil anos. Além de ser um ícone religioso, a Basílica de São Pedro é também uma obra-prima das artes.

Grandes artistas como Gian Lorenzo Bernini, Michelangelo, Giacomo Della Porta, Donato d'Angelo Bramante e Carlo Maderno participaram do projeto e as obras duraram quase 2 séculos.

Há muito o que ver por dentro! Para conhecê-la em profundidade e aproveitar ao máximo a experiência, no post Visite a Basílica de São Pedro você encontrará tudo o que precisa saber sobre este monumento.

Oh, e não se esqueça de subir a Cúpula da Basílica de São Pedro, pois de lá de cima você terá uma das melhores vistas de Roma.

  • Endereço: Piazza San Pietro, 00120. Cidade do Vaticano.
  • Como chegar: De metrô, linha A, estação Ottaviano.

Comprar ingressos para a Basílica de São Pedro

3. Capela Sistina

Capela Sistina| ©Dennis Jarvis
Capela Sistina| ©Dennis Jarvis

A Capela Sistina é uma das maiores jóias da Renascença de Roma e a obra-prima de Miguel Ângelo, apesar de sua inexperiência na pintura, pois ele afirmou ser um escultor e não um pintor.

A comissão de Júlio II foi um verdadeiro desafio para o artista, que dedicou dez anos de sua vida a decorar a abóbada e a parede traseira acima do altar-mor, e o resultado é uma maravilha. No entanto, outros artistas que também trabalharam neste espaço foram Botticelli, Perugino e Luca.

É inegável que este é um dos lugares essenciais para se ver em Roma durante uma viagem! Você encontrará a Capela Sistina perto da Basílica de São Pedro, dentro da visita aos Museus do Vaticano.

É uma das capelas do Palácio Apostólico na Cidade do Vaticano, onde se encontra a residência oficial do Santo Padre, e é conhecida não só por sua decoração espetacular, mas também por ser o lugar onde os Papas são escolhidos.

Para entrar na Capela Sistina você precisa comprar um ingresso ou fazer uma visita guiada ao museu. No post sobre ingressos para a Capela Sistina em Roma.

  • Endereço: Viale Vaticano, 51.
  • Como chegar: De metrô, linha A, estação Cipro-Musei Vaticani.

Comprar ingressos para a Capela Sistina

4. Fonte de Trevi

Fonte de Trevi| ©Michele Bitetto
Fonte de Trevi| ©Michele Bitetto

A Fonte de Trevi é um dos melhores monumentos de Roma e, portanto, um dos lugares mais visitados da cidade. A razão é simples: é a fonte mais bonita do mundo.

Sua história remonta ao tempo do imperador Augusto, quando esta fonte era a última seção do aqueduto Aqua Virgo construído no século I a.C. No entanto, a fonte atual data do século XVII e foi encomendada pelo Papa Clemente XII ao arquiteto Nicola Salvi, que surpreendeu a todos com esta alegoria do oceano presidida pelo deus Netuno.

E é algo que acontece por gerações, porque quando você olha a fonte de Trevi de frente você ficará impressionado com o contraste entre o pequeno tamanho da praça em que ela se encontra e a monumentalidade da própria fonte.

Se você quiser vê-lo em todo o seu esplendor e evitar as multidões, recomendo que o visite em horário diferente do meio-dia ou no final do dia, pois é provável que você encontre uma multidão de turistas.

  • Endereço: Piazza di Trevi. 00187, Roma.
  • Como chegar lá: De metrô, linha A, estação Barberini.

Dica do Viajante Isabel

Quando visitar a Fonte de Trevi, não se esqueça de seguir a tradição de jogar uma moeda na água para trazer sua fortuna de volta a Roma.

5. O Panteão de Agripa

O famoso Panteão em Roma| ©Ana Rey
O famoso Panteão em Roma| ©Ana Rey

O Panteão de Agripa é um dos melhores monumentos de Roma para visitar, sendo o edifício mais bem conservado da Roma Antiga. Isto foi possível porque no início do século VII o Papa Bonifácio IV a transformou em uma igreja dedicada aos cristãos martirizados nas perseguições.

Este edifício data do século II d.C. e é uma das maiores obras da arquitetura romana. As características mais marcantes do Panteão de Agripa são a precisão e harmonia de sua construção e o oculo central da cúpula através da qual a luz solar penetra, dando ao templo uma atmosfera única.

Este monumento vale a pena ser visitado em qualquer época do ano, mas recomendo que você o visite especialmente em 21 de junho (durante o solstício de verão) para ver a luz do sol passar pelo oculo perpendicularmente ou no domingo de Pentecostes, quando após a missa das 10h30 uma chuva de pétalas vermelhas é lançada através do oculo em memória da descida do Espírito Santo sobre os apóstolos. É um belo espetáculo!

Além de ser uma igreja, o Panteão de Agripa é também um panteão real, pois contém os túmulos de Vittorio Emanuele II, Umberto I e Margherita de Savoy e até mesmo o túmulo do pintor renascentista Raphael.

  • Endereço: Piazza della Rotonda.
  • Como chegar lá: De metrô, linha A, estação Barberini.

6. A Basílica de São João de Latrão

A Basílica de São João em Roma à noite| ©Mark CjC
A Basílica de São João em Roma à noite| ©Mark CjC

A Basílica de São João de Latrão é outro dos melhores monumentos a visitar em Roma, pois é um templo muito especial. Você sabia que foi a primeira igreja a ser construída na cidade no século IV d.C.?

Das quatro principais basílicas que existem na "Cidade Eterna", São João de Latrão é a mais importante de todas elas. Não apenas por seu significado histórico como a catedral de Roma e o lugar onde todos os Papas foram proclamados até não muito tempo atrás, mas também por causa da beleza do interior da basílica - tudo nela é luxuosamente decorado, desde o teto até o chão!

Recomendo que você o visite durante sua viagem à cidade se estiver interessado em história, arquitetura e arte religiosa. Seu tamanho vai surpreendê-lo, assim como a elegância de suas capelas, o claustro cosmatesco ou o altar sob um baldaquino gótico. Você também verá locais surpreendentes como o Santuário da Santa Escadaria, a Capela Sancta Sanctorum** e **o Palácio Lateranense, que têm uma história muito interessante dentro do cristianismo.

  • Endereço: Piazza di San Giovanni in Laterano, 4.
  • Como chegar: De metrô, linha A, estação San Giovanni.

7. O Fórum Romano

Vista do Coliseu e do Fórum a partir do Campidoglio| ©Unsplash
Vista do Coliseu e do Fórum a partir do Campidoglio| ©Unsplash

Ao lado do Coliseu você encontrará o Fórum Romano, outro exemplo dos melhores monumentos de Roma que completarão sua visão da Roma Antiga junto com outras atrações turísticas da época, como o Panteão de Agripa, os Banhos de Caracalla ou o próprio Anfiteatro Flamengo.

O Fórum Romano representou o epicentro da vida pública durante a República e o Império. É um dos lugares mais interessantes da cidade, pois está cheio de templos, palácios, arcos e outras construções que geralmente se encontram em bom estado de conservação. Na verdade, andando pela Via Sacra, você pode imaginar como era Roma em seu apogeu há mais de 2.000 anos - é incrível! Há tanto para explorar aqui que você poderia passar várias horas sem ficar entediado.

Esta é uma das visitas obrigatórias a Roma e como é um lugar tão popular, recomendo que você obtenha seus ingressos com antecedência para evitar as longas filas de turistas que se formam nas entradas. No post sobre ingressos para o Fórum Romano, você pode ver como obtê-los para não perder nada.

  • Endereço: Via della Salara Vecchia, 5/6, 00186 Roma.
  • Como chegar lá: De metrô, linha B, estação Colosseo.

Reservar uma visita guiada ao Fórum Romano

8. Castelo de Sant'Angelo

Castelo de Sant'Angelo| ©David Edkins
Castelo de Sant'Angelo| ©David Edkins

Na margem direita do rio Tiber, a uma curta distância do Vaticano, encontra-se Castel Sant'Angelo. Uma fortaleza do século II d.C. que o imperador Adriano projetou como seu mausoléu familiar, mas que acabou se tornando um edifício militar e uma residência papal utilizada em tempos de tumulto. Costumava ser dito que até a rendição de Castel Sant'Angelo, ninguém podia afirmar ser o conquistador de Roma.

Hoje o monumento abriga o Museo Nazionale di Castel Sant'Angelo com uma coleção muito interessante de pinturas, esculturas, cerâmicas e armas da época.

Recomendo comprar ingressos para Castel Sant'Angelo não só por sua importância histórica e pelo valor das peças do museu, mas também porque do terraço da fortaleza você terá uma das mais belas vistas da cidade com o rio Tiber, a Basílica de São Pedro e a Ponte Sant'Angelo (uma das mais belas pontes de Roma) no horizonte.

  • Endereço: Lungotevere Castello, 50 anos.
  • Como chegar lá: De ônibus, linhas 23, 34, 49, 49, 49, 64, 87, 280, 492, 926 e 990.

Comprar ingressos para Castel Sant'Angelo

9. As Catacumbas de Roma

Catacumbas de St. Callixtus Passage| ©Steve Collis
Catacumbas de St. Callixtus Passage| ©Steve Collis

Em Roma existem mais de sessenta catacumbas conhecidas compostas de centenas de quilômetros de galerias subterrâneas contendo milhares de tumbas. No imaginário popular, as catacumbas eram o esconderijo onde os primeiros cristãos se refugiaram fugindo da perseguição imperial, mas na realidade eram cemitérios onde os cristãos enterravam seus mortos e somente em casos muito excepcionais serviam de refúgio ocasional para a celebração da Eucaristia.

De todas as catacumbas de Roma, apenas algumas podem ser visitadas, em particular aquelas com maior interesse histórico, como as de São Calisto, São Sebastião ou Domitilla (na Via Ápia) ou as de Santa Inês ou Santa Priscila (ao norte da cidade).

Você só pode visitar as catacumbas de Roma em uma visita guiada organizada, já que você estará viajando para as profundezas da terra e os túneis são um pouco estreitos e escuros. Se você não é claustrofóbico, este é um dos melhores monumentos em Roma para visitar.

Se explorar as catacumbas da "Cidade Eterna" é uma das atividades que você definitivamente quer fazer durante sua viagem, então eu recomendo que você leia o post sobre passagens para as Catacumbas de Roma para saber como obtê-las, e não se esqueça das Catacumbas do Vaticano1.

  • Endereço: Vários locais
  • Como chegar: Para chegar às Catacumbas de St. Callixtus na Via Appia você pode pegar o ônibus 118 da estação de metrô Colosseo (linha B).

Comprar ingressos para as Catacumbas de Roma

10. O Monumento a Vittorio Emanuele II

Piazza Venezia com o Monumento a Vittoriano| ©Renata Rodrigues
Piazza Venezia com o Monumento a Vittoriano| ©Renata Rodrigues

Popularmente conhecido como o "Vittoriale", o Monumento ao Rei Vittorio Emanuele II é uma colossal construção de mármore branco erguido para honrar a nação e o monarca após a reunificação da Itália.

Curiosamente, o monumento inicialmente não era apreciado pelos romanos porque eles sentiam que seu tamanho e estilo não se enquadravam nos arredores da Piazza Venezia. Hoje, porém, é um dos monumentos mais populares de Roma com visitantes.

Abriga o Museu Central do Risorgimento, o Instituto para a História do Risorgimento italiano e o Túmulo do Soldado Desconhecido, onde a chama eterna brilha em homenagem àqueles que se apaixonaram por seu país.

No entanto, uma das principais atrações deste monumento para turistas, além de sua majestosa estética, são as vistas panorâmicas do terraço superior (no auge dos quadrigas) do Coliseu, dos Fóruns Imperiais, do Fórum Romano, da Via del Corso ou da Coluna Trajano. Você não vai poder parar de tirar fotos!

  • Endereço: Piazza Venezia
  • Como chegar lá: De ônibus, linhas 30, 51, 83, 87, 160 e 170.