Parcele sua compra em até 6 vezes no cartão de crédito. Visa card MasterCard Black card American Express Black card

Melhores coisas para se fazer em Amsterdam

A capital da Holanda é uma cidade fascinante e se você estiver organizando uma viagem para visitá-la, não esqueça que você também pode (e deve) explorar seus arredores. Aqui estão os meus lugares essenciais

Vicky Del Moral

Vicky Del Moral

12 de jun de 2021 • Leitura de 9 minutos

Melhores coisas para se fazer em Amsterdam

©Javier M.

A capital da Holanda é uma cidade fascinante. Conta com um rico patrimônio cultural de igrejas, monumentos e museus, com obras de grandes artistas holandeses como Van Gogh, Vermeer ou Rembrandt. Sua particular localização geográfica também faz com que ela seja uma boa base para realizar excursões aos seus arredores.

1. Visita à casa De Anne Frank

Casa-museu de Anne Frank | ©Guilhem Vellut
Casa-museu de Anne Frank | ©Guilhem Vellut

Uma atividade imperdível em Amsterdã é a de conhecer a casa que abrigou a família Frank e onde a jovem Anne escreveu seu célebre diário, memória dos trágicos dias que a comunidade judaica viveu durante a ocupação nazista na Segunda Guerra Mundial.

Se trata de uma experiência dura e comovente, e te recomendo fazer a visita à Casa de Anne Frank com as explicações de um guia profissional sobre sua história e a da ampla comunidade judaica assentada em Amsterdã desde o século XI.7

2. Vá o Museu Van Gogh

Museu Van Gogh | ©Alan de la Cruz
Museu Van Gogh | ©Alan de la Cruz

O melhor museu do mundo sobre o genial artista do pós-impressionismo, e o segundo mais visitado da capital holandesa, com mais de 2 milhões de turistas por ano. Admire cerca de mais de 200 pinturas como ‘Quarto em Arles’ e uma versão de ‘Girassóis’, 500 ilustrações e centenas de cartas de Van Gogh.

Você pode acessar o Museu Van Gogh adquirindo uma entrada individual, mas ele também é uma das atrações incluídas no Amsterdam Pass. Ainda não conhece os benefícios desse cartão turístico? Preparei esse artigo sobre Os melhores passes de Amsterdam , onde você poderá pesquisar se te convém ou não comprar um passe turístico.

3. Maravilhe-se no Rijksmuseum

Rijksmuseum | ©Ed Webster
Rijksmuseum | ©Ed Webster

Esse é o Museu Nacional dos Países Baixos, e o melhor do país, já que conta a história da arte do Século de Ouro holandês entre suas mais de 8.000 obras, com quadros de destaque como a ‘Ronda da Noite’, de Rembrandt, ‘A Leiteira’, de Johannes Vermeer, e ‘O Alegre Beberrão’ de Frans Hals.

Para visitar o Rijksmuseum, o melhor é que você use o Amsterdã Pass, já que com o fluxo de mais de 2 milhões de visitantes por ano, o museu conta com longas filas de entrada. Você também pode fazer uma visita guiada que está incluída no tour de ônibus turístico pela cidade de Amsterdã.

4. Homenageie a cerveja na Heineken Experience

Entrada para a Heineken Experience | ©Elroy Serrao
Entrada para a Heineken Experience | ©Elroy Serrao

Uma das atividades mais divertidas da cidade de Amsterdã é visitar a antiga fábrica de cerveja Heineken, com dois séculos de vida, e onde se originou a bebida mais famosa do país pelo mundo inteiro.
Você poderá conhecer os segredos da sua elaboração e da sua história, em uma visita interativa por suas instalações originais. Também poderá experimentar fazer sua própria cerveja, e degustar dois copos de Heineken. Se você ainda não se convenceu, te conto minha crônica dessa experiência no meu artigo sobre a Heineken Experience.

5. Explore a Casa Museu de Rembrandt

Casa-museu de Rembrandt | ©Lukas Koster
Casa-museu de Rembrandt | ©Lukas Koster

É Muito provável que Rembrandt seja o artista mais importante da história da Holanda. Na sua casa, original do século XVII, restaurada e convertida em museu, você poderá adentrar a história pessoal e profissional desse mestre das gravuras, da pintura e do desenho.
Você pode visitar a Casa Museu de Rembrandt de forma rápida e econômica com o cartão Amsterdã Pass, ou até ela como parte das visitas dos ônibus turísticos de paradas livres.

6. Visite as igrejas de Amsterdã

Oude kerk | ©Christophe PINARD
Oude kerk | ©Christophe PINARD

Nieuwe kerk é a Nova Igreja, do século XV, com arcos pontiagudos e impressionantes vitrais, é palco de casamentos da realeza e da coroação dos reis holandeses desde 1814.

Oude kerk é a Velha Igreja, e a mais importante de Amsterdã, sendo seu edifício historicamente mais antigo. Paradoxalmente, se encontra no coração do bairro mais polêmico e ‘libertino’ da cidade, o Bairro Vermelho. Você pode visitá-la dentro da Visita a pé pelo Bairro Vermelho de Amsterdã, em pequenos grupos. Caso esteja pensando em fazer um tour guiado pela cidade, você pode ler meu artigo sobre Os melhores tours de Amsterdam.

7. Percorra a cidade de bicicleta

Turistas na ponte do canal | ©Abir Anwar
Turistas na ponte do canal | ©Abir Anwar

A bicicleta é o meio de transporte número um em Amsterdã, ou seja, se você quer explorar a cidade como um local, o tour de bicicleta é uma das experiências mais genuínas que você pode escolher na sua viagem. Além disso, a cidade está tão preparada para isso, que há vários tipos de tours e aluguéis de bicicleta disponíveis.

8.Viva o sonho holandês nos Jardins de Keukenhof

Mais de 7 milhões de flores são plantadas nos Jardins de Keukenhof todos os anos, o que resulta em um espetacular campo de tulipas, jacintos, narcisos, orquídeas, rosas, cravos, lírios, e muitas outras flores. É um espetáculo para a vista e o olfato, que te recomendo não perder em uma excursão organizada aos Jardins Keukenhof.

9. Ande de barco pelos canais de Amsterdã

Jardins Keukenhof | ©yisris
Jardins Keukenhof | ©yisris

Os canais de Amsterdã são a essência da cidade, e você pode desfrutar de um passeio de barco por suas águas. Com os tours de barco por Amsterdã, você poderá ver a cidade de uma perspectiva diferente e com a comodidade de um assento em um barco, uma experiência muito relaxante. Leia mais sobre isso no meu artigo sobre os cruzeiros pelo canal de Amsterdã.

10. Vá em busca do melhor pôr do sol de Amsterdã

Cruzeiro pelo canal de Amsterdã | ©Greger Ravik
Cruzeiro pelo canal de Amsterdã | ©Greger Ravik

A vista mais impressionante de Amstersã está no A'dam Lookout , e é pago, mas você pode ter acesso com o Amsterdã Pass. Outro lugar para contemplar um lindo atardecer é na iglesia West Kerk, onde há uma torre de 85 metros de altura. Seu acesso é pago e custa 7,50€, mas as vistas valem muito a pena.

11. Absorva a atmosfera de Amsterdã em suas praças

Vista do Mirante A'dam | ©Moritz Lüdtke
Vista do Mirante A'dam | ©Moritz Lüdtke

Leiden Square (Leidseplein) é uma das regiões mais visitadas pelos habitantes de Amsterdã. É um ambiente animado, com músicos de rua, varandas, arquitetura Art Decó e uma intensa vida noturna.

Dam Square,a Praça Dam, é o coração de Amsterdã e sua praça mais importante, com monumentos como o National Monument, de 1956, que homenageia os falecidos da Segunda Guerra Mundial e outros conflitos armados posteriores, e o Royal Palace Amsterdã, de estilo clássico.
A Praça Spui é conhecida por estar a poucos metros de Beginjhof, um grupo de majestosas casas construído em 1345 para abrigar uma irmandade de mulheres.
Você pode visitar essas praças nos tours a pé pela cidade, ou como parte das paradas dos ônibus e cruzeiros turísticos que percorrem Amsterdã. Teixo aqui lo link do meu artigo sobre Os melhores ônibus Hop-on Hop-off para que você possa explorar essa opção com mais detalhes.

12. Fazer um tour no Bairro Vermelho

Praça Dam | ©Travelinglao
Praça Dam | ©Travelinglao

Igualmente polêmico e fascinante, o Bairro Vermelho de Amsterdã é uma visita imperdível, surpreendente e totalmente segura para conhecer os famosos coffee shops, onde é possível consumir diversas drogas de uso legal, e suas incríveis vitrines iluminadas por luzes vermelhas, onde se exerce a prostituição de forma completamente legalizada.
Você pode conhecer o Bairro Vermelho em um tour guiado ou visitá-lo como parte de um tour no ônibus de turismo de Amsterdã.

13. Conheça o Bairro Judeu

Zona de meretrício | ©Pavel Ivanov
Zona de meretrício | ©Pavel Ivanov

Esse interessante bairro histórico, conserva as zonas onde foram assentadas as comunidades judaicas refugiadas desde o século XI, por conta da liberdade de culto vigente em Amsterdã, conhecida então como ‘a Jerusalém europeia’.
Concentra numerosos monumentos, museus e pontos de interesse como a Casa de Anne Frank e o Museu da Resistência, o Verzetsmuseum, onde você conhecerá a época turbulenta que essa comunidade viveu durante a ocupação alemã na Segunda Guerra Mundial.
Minha recomendação é que você conheça o Bairro Judeu com um visita guiada a é, pelo antigo Bairro Judeu de Amsterdã.

14 .. Dê um passeio pelo Westerpark

Interior do Museu da Resistência | ©Ana Paula Hirama
Interior do Museu da Resistência | ©Ana Paula Hirama

Este dinâmico e alternativo bairro de Amsterdã está repleto de áreas verdes, ** restaurantes modernos **, arquitetura icônica e galerias de arte, e você pode chegar lá através de um ônibus ou cruzeiro turísticos.

15 .. Experimente a gastronomia local nos mercados de Amsterdã

Westerpark | ©Guilhem Vellut
Westerpark | ©Guilhem Vellut

**Albert Cuyp Market ** é o maior e mais popular mercado da cidade e da Holanda, fundado em 1904, com mais de 300 barracas variadas e localizado no bairro latino de Amsterdã.

O ** Waterlooplein Market ** é um mercado diário localizado na praça turística de Waterlooplein Square, onde se destacam edifícios notáveis ​​como El Stopera, sede da prefeitura e o teatro da ópera.

** Bloemenmarkt **, o mercado das flores, é um mercado flutuante de 140 anos e é o preferido pelos moradores de Amsterdã para comprar suas plantas. É um lugar imperdível para ver a flor que representa a Holanda, a tulipa, e comprar algumas sementes de recordação.

16. Faça uma excursão pela Holanda rural

Mercado Albert Cuyp | ©Michael Coghlan
Mercado Albert Cuyp | ©Michael Coghlan

Além de visitar a fascinante cidade de Amsterdã, há diversos pontos turísticos nos seus arredores, os quais você pode descobrir com excursões organizadas práticas e confortáveis. Faça uma imersão na zona rural holandesa, com seus emblemáticos moinhos de vento, encantadoras vilas pesqueiras como Vollendam ou Marken, impressionantes jardins de tulipas, e fábricas artesanais de queijos e tamancos.

Você pode fazer essas excursões por sua conta, mas se u puder te dar um conselho, a experiência é mais simples confortável com uma excursão organizada. Você pode dar uma olhada no meu artigo sobre As melhoras excursões partindo de Amsterdam para ver todas as opções.

17. Passeie pelas Nove Ruas

Campo holandês | ©Vishwas Katti
Campo holandês | ©Vishwas Katti

Conhecidas no idioma local como as Negen Straatjes, se trata de um bairro no qual se concentram galerias de arte, lojas vintage e encantadoras cafeterias. Fica a poucos passos da Praça Dam, entre as ruas Leidsestraat e Raadhuisstraat, e é o lugar ideal para passear pela manhã, entre compras e aperitivos.

18. Deguste a gastronomia do mundo inteiro no Foodhallen

O canal Singel está localizado na Negen Straatjes | ©Steve Jones
O canal Singel está localizado na Negen Straatjes | ©Steve Jones

Situado em uma antiga garagem de bondes, e Foodgallen é um mercado gastronômico onde você poderá literalmente qualquer coisa que queira comer. Donuts gourmet, churrasco, dim sum, tacos premium… Já está com água na boca? Lembre-se de levar uma boa sacola da Ikea e levar decorações para a casa, sempre vendem coisas bastante trendy.

19. Viaje para outro mundo na=o Eletric Ladyland

Foodhallen | ©Franklin Heijnen
Foodhallen | ©Franklin Heijnen

Esse pequeno lugar no bairro de Jordaan é um dos únicos museus dedicados à luz fluorescente, e à arte de luz ultravioleta. É uma nova experiência visual, e uma curiosidade que, sem dúvida, você se lembrará por muito tempo depois. A entrada só é possível com reserva antecipada, vale a muito pena.

20. Viaje no tempo com uma visita a Bruges saindo de Amsterdã

Electric Ladyland Museum | ©ilovebutter
Electric Ladyland Museum | ©ilovebutter

Graças à localização geográfica de Amsterdã, é possível ir e voltar a Bruges em um dia. Eu o fiz com uma excursão organizada que me permitiu aproveitar ao máximo o tempo de visita, e eu recomendo 100%. Deixo aqui o resumo da minha experiência, caso esteja pensando em visitar o país vizinho: visitar Bruges de Amsterdã.

21. NDSM

Bruxas | ©Olivier Depaep
Bruxas | ©Olivier Depaep

Uma antiga doca convertida em espaço criativo, com bancos, food trucks, arte urbana e estética industrial. Você encontrará mercadinhos de roupa vintage, festivais de música ocasionais, projeções de cinema ao ar livre, e você pode relaxar em um ambiente praiano no lugar favorito dos locais de Amsterdã.

Coisas para se fazer em Amsterdam