Parcele sua compra em até 6 vezes no cartão de crédito. Visa card MasterCard Black card American Express Black card

Ingressos MoMA em Nova York

Passar uma tarde no MoMa é um ótimo plano: te conto como conseguir ingressos e as obras que você precisa ver

Isabel Catalán

Isabel Catalán

25 de fev de 2021 • Leitura de 6 minutos

Ingressos MoMA em Nova York

O MoMA é gratuito às sextas-feiras? | ©Hellotickets

O MoMA de Nova York é o museu de arte moderna mais importante do mundo e um dos lugares imperdíveis da Big Apple. Possui uma extensa coleção de 200.000 peças, incluindo Picasso, Dali, Van Gogh, Andy Warhol e muitas outras.

1. Ingresso sem filas para o MoMa e New York Pass

O MoMA de Nova York (Museum of Modern Art) é incrivelmente popular. E não é de se admirar que seja um dos museus mais visitados e tenha longas filas para entrar. Mas eu te direi como evitá-las:

2. Ingresso para o Museu de Arte Moderna sem filas

O exterior dO MoMa | ©Wikimedia
O exterior dO MoMa | ©Wikimedia

O MoMA oferece uma experiência completa dedicada à arte moderna para todas as idades. Com o ingresso sem filas o MoMA você terá acesso imediato ao Museu MoMa de Nova York para ver sua vasta coleção de arte moderna e contemporânea mais famosa do mundo, que abriga em suas instalações obras tão emblemáticas como "As Senhoritas de Avignon" de Picasso, "Interior holandês" de Miró e "Latas de sopa Campbell" de Warhol.

O repertório também inclui arquitetura, fotografia, cinema, design, apresentações artísticas e mídia. Além disso, com este ingresso sem fila do MoMA você também terá acesso ao MoMA PS1, o centro de arte contemporânea de Long Island City, durante os 14 dias seguintes à sua visita a sede de Manhattan. Este espaço cultural hospeda exposições diversificadas que vão desde retrospectivas de artistas até exposições específicas.

3. Passes turísticos que incluem o MoMA

O jardim do MoMa | ©Wikimedia
O jardim do MoMa | ©Wikimedia

Para aproveitar ao máximo sua viagem a Nova York a melhor idéia é comprar um cartão turístico. Por quê? Se você o aproveitar bem, economizará dinheiro e tempo ao não ter que comprar cada ingresso de maneira individual e, mesmo em alguns casos, não terá que ficar na fila para entrar. Além disso, é bastante conveniente ter todos os seu ingressos em um só lugar.

4. New York Pass

O New York Pass é um passe que funciona por dia e se paga dependendo do número de dias de validade que você escolher. Atenção, porque não são dias de 24 horas corridas, mas sim do momento em que você ativa o passe você tem até a meia-noite do mesmo dia.

Este passe turístico é altamente recomendado se você gosta de ver muitas coisas no mesmo dia e aproveitar ao máximo sua viagem. Sua duração é de um a dez dias.

Inclui: um guia de viagem em português, acesso sem fila a mais de 100 atrações e atividades. As principais atrações e pontos turísticos de Nova York, como o MoMA, Estátua da Liberdade, Museu Madame Tussauds, Empire State Building, Museu do 11 de Setembro, Top of the Rock, cruzeiro por Manhattan, ônibus turístico de Manhattan e muitas mais estão incluídas neste passe .Você pode ler mais detalhes aqui: New York Pass.

New York City Explorer Pass

Se durante sua viagem a Nova York você tiver uma idéia clara das atrações turísticas que deseja ver, o New York City Explorer Pass é ideal para personalizar sua viagem ao máximo, pois você pode escolher entre 2, 3, 4, 5, 6, 7 ou 10 atrações e pagar de acordo com a quantidade que escolher. A partir do momento que você ativa o passe, você tem um mês inteiro para visitar as atrações que escolheu, para que você curtir sua viagem com tranqüilidade.

Inclui: escolha livre entre mais de 100 atividades e atrações, sem filas em algumas e válido por 30 dias a partir do momento em que é ativado. Você pode ler mais detalhes aqui: New York Explorer Pass.

New York Sightseeing Pass

Como o New York Pass que falamos anteriormente, o New York Sightseeing Pass funciona por dias e é válido todos os dias da sua ativação até a meia-noite. Este passe é o mais recomendado se você quiser ver as atrações turísticas no seu próprio ritmo, sem pressa. Com duração de um a dez dias.

Inclui: acesso sem fila a mais de 100 atrações e atividades e inclui um crédito para gastar nas atrações, alguns descontos em toda a cidade e uma refeição gratuita no restaurante da sua escolha a partir de uma lista de lugares populares da cidade. Você pode ler mais detalhes aqui: New York Sightseeing Pass.

7. Horário do MoMA de Nova York

O MoMA está aberto das 10h30 às 17h30 diariamente (sextas-feiras das 10h30 às 20h). Em relação aos dias que não abre, o MoMa está fechado no Dia de Ação de Graças e no Natal. O MoMA PS1 também fecha no Dia de Ano Novo.

8. Onde está e como chegar

Localização do MoMa no mapa de Nova York
Localização do MoMa no mapa de Nova York

O MoMa fica na rua 53 entre a 5ª e 6ª avenida. Para chegar ao MoMa por transporte público, a estação mais próxima de metrô é a 5th Avenue com a 53th Street, linhas E e V. Com relação ao ônibus, você pode chegar com as linhas M1, M2, M3, M4, e M5.

9. Preços dos ingressos MoMa na bilheteria

  • Adultos: US$25
  • Mais de 65 com ID: UD$18
  • Visitantes com deficiência: US$18
  • Estudantes com ID: US$14
  • Crianças menores de 16 anos: grátis

10. O que ver no MoMa

Uma das galerias | ©Wikimedia
Uma das galerias | ©Wikimedia

Das oito telas e um desenho com o qual o MoMa começou em 1929, sua coleção cresceu para mais de cem mil peças incluindo pinturas, gravuras, esculturas, fotografia, desenhos, designs, filmes, arquitetura e gravuras. Além disso, o MoMa PS1 em Queens é um espaço cultural que se concentra especialmente na arte contemporânea.

A vasta coleção do MoMA está distribuída em 6 andares, embora a maioria esteja distribuída entre os andares 2, 3, 4 e 5, pois o primeiro andar é usado como lobby (loja, bilheteria, art lab, restaurante, etc.) e o sexto andar é reservado para exposições especiais.

11. Coleções do museu

O interior do MoMa | ©MoMa
O interior do MoMa | ©MoMa

Hall

Durante sua visita ao MoMa você pode aproveitar a oportunidade para tomar um café e relaxar no Jardim das Esculturas do museu, um oásis no meio da cidade, projetado por Philip Johnson nos anos 50.

2º andar: Coleção 1970 - presente

O segundo andar do MoMA é dedicado à impressão, livros ilustrados e mídia audiovisual. Há uma cafeteria aqui também.

3º andar

O terceiro andar do museu é dedicado a coleções de arquitetura, design gráfico e industrial, desenho e fotografia.

4º andar: Coleção 1940 - 1970

Aqui você pode encontrar o trabalho de artistas como Roy Lichtenstein, Andy Warhol, Jasper Johns, Jackson Pollock, Yayoi Kusama, Robert Rauschenberg e Mark Rothko.

5º andar: Coleção 1880 -1940

No quinto andar do MoMA você pode ver as pinturas de artistas como Frida Kahlo, Pablo Picasso, Salvador Dalí, Claude Monet, Vincent Van Gogh, Paul Cézanne, Henri Matisse e Piet Mondrian.

6º andar

O sexto andar é utilizado para exposições especiais. Das grandes janelas do úñtimo andar há vistas incríveis do centro de Manhattan, onde estão os edifícios importantes como o Rockefeller Center, a St. Patrick's Cathedral e a Grand Central Station.

Isabel’s traveller tip

Se você deseja fazer uma breve visita ao MoMA, o melhor a se fazer é concentrar-se no quarto e quinto andar, que é onde se estão as obras dos artistas mais famosos como Warhol, Pollock, Matisse e Cézanne.

12. Breve história da MOMA

A entrada para o MoMa | ©Wikimedia
A entrada para o MoMa | ©Wikimedia

Localizado no coração de Manhattan, bem próximo ao Central Park, está o MoMA de Nova York (Museum of Modern Art), o museu de arte moderna mais importante do mundo. Foi inaugurado em 1929 por iniciativa de três filantropas; Abby Aldrich Rockefeller, Mary Quinn Sullivan e Lillie P. Bliss para ajudar os outros a entender e apreciar as artes visuais modernas.

Quando o MoMA abriu suas portas, começou a expor suas primeiras obras em uma estrutura modesta. Entretanto, foi tão bem recebido pelo público que nos anos seguintes o museu teve que se mudar várias vezes para locais maiores para enfim se mudar para sua sede atual em 1939.

Agora é considerado um templo da arte moderna e contemporânea no Ocidente e passou até mesmo por uma nova expansão para proporcionar mais espaço para novas exposições.

13. Outros museus que possam te interessar

Se você gostaria de completar sua visita a Nova York com algum outro museu, não posso deixar de recomendar o Museu de História Natural, um dos que mais me impressionou na primeira vez que o visitei. Eu te conto toda minha experiência no artigo sobre Ingressos Museu de História Natural.

De qualquer forma, também escrevi um guia prático sobre todos os museus de Nova York, onde você pode escolher qual é o melhor para o seu gosto. Você pode leer aqui: Os 10 melhores museus de Nova York.