Parcele sua compra em até 6 vezes no cartão de crédito. Visa card MasterCard Black card American Express Black card

Florence
O que ver e fazer

Quando o famoso escritor francês Stendhal visitou Florença em 1817, não podia imaginar que a vertigem que sentia por não poder assimilar a grande beleza desta cidade italiana se tornasse uma síndrome diagnosticada como 'Síndrome de Florença' ou 'Stendhal'. Essa é a capacidade evocativa de Florença, a capital da bela Toscana, renascentista por excelência, que deve ser visitada pelo menos uma vez na vida.

Pequena, mas realmente rica em charme e herança cultural, Florença é o lar de joias da arte como o Duomo, o David de Michelangelo, a Ponte Vecchio e a Galeria Uffizi. Pode ser visitado em dois dias ou desfrutado por uma semana, um tempo que recomendo para que você possa explorar esses 10 lugares incríveis em Florença.

Contorne a Piazza del Duomo (Duomo, Campanile e Battistero)

A Piazza del Duomo, localizada no centro histórico de Florença, declarada Patrimônio da Humanidade, é o enclave mais famoso da cidade. Abrange o maravilhoso conjunto arquitetônico formado pela Catedral de Santa Maria del Fiore, conhecida como Duomo, o Batistério de San Giovanni e o Campanário de Giotto.

O Duomo é o edifício mais importante da cidade, sendo um dos maiores templos cristãos do mundo e muito apreciado artisticamente por sua incrível fachada de mármore branco e seu extraordinário Domo Brunelleschi, de 114 metros de altura e ao qual você pode subir Obtenha vistas espetaculares da cidade.

O Duomo e principalmente sua cúpula recebem milhões de visitas por ano, por isso é recomendado reserve um bilhete rápido acesso e até um tour para descobrir toda a sua história e a dos edifícios anexos.

Visite a Galeria Uffizi

Considerado um dos melhores museus do mundo, a impressionante Galeria Uffizi abriga uma imensa coleção de obras de arte, 1.500 no total, que abrangem a história da arte clássica, da Grécia ao século XVIII.

Você precisará de 4 horas em média para visitar todo o complexo, embora possa optar por admirar apenas suas obras mais marcantes, como 'O Nascimento de Vênus' de Botticelli, o 'Doni Tondo' de Michelangelo ou 'La Venus de Urbino' de Ticiano.

Uma boa maneira de organizar seu visita à Galeria Uffizi é alugar um tour ou conseguir, pelo menos, um ingresso rápido que economiza as filas intermináveis ​​na entrada do museu mais visitado de Florença.

Atravesse a Ponte Vecchio

Símbolo indiscutível da cidade de Florença, a Ponte Vecchio é uma das visitas obrigatórias em Florença. Hoje repleta de joalheiros, esta ponte foi inicialmente ocupada pelos açougueiros da cidade e é um dos melhores e mais famosos exemplos de pontes suspensas de casas do mundo.

Por anos e como você verá, milhares de fechaduras deixadas por casais que juraram amor eterno neste enclave romântico estão penduradas em sua estrutura.

Veja o 'David' de Michelangelo na Galeria da Accademia

Localizado no rico centro histórico de Florença, você encontrará o segundo museu mais visitado da cidade, a Galeria Accademia. É aí que, entre outras joias de arte, se destaca o autêntico David de Michelangelo, a obra renascentista por excelência, com 5,2 metros de altura.

As longas filas para acessar a Galeria Accademia estão garantidas, então compre uma entrar ou contratar uma visita guiada para enriquecer a sua visita.

Visite a Piazza della Signoria

Próxima à do Duomo, a Piazza della Signoria é a praça mais famosa de Florença e uma de suas principais atrações.

É um autêntico museu ao ar livre composto por edifícios históricos, entre os quais se destacam o Palazzo Vecchio e sua incrível Sala Cinquecento, monumentos únicos, como a Fonte de Netuno, e magníficas esculturas, com a Loggia dei Langi e seu Perseu com a cabeça da Medusa ou as de Hércules, Caco e o David de Michelangelo, uma réplica do original que, não te esqueças, só encontras na Galeria da Accademia.

Vislumbre Florença da Piazzale Michelangelo

Todos gostamos de subir ao ponto mais alto de uma cidade para observar a sua vista panorâmica e tirar as melhores fotos de recordações. Pois bem, aquele lugar em Florença é a Piazzale Michelangelo, um miradouro um pouco afastado do centro e que se pode subir a pé ou de autocarro.

Além das vistas, que são especialmente bonitas ao pôr do sol, nesta praça desenhada em homenagem a Michelangelo, você pode admirar réplicas de algumas de suas maiores esculturas, como Davi e as quatro estátuas da Capela dos Médici.

Relaxe no Jardim Boboli

Se você precisa de um momento de relaxamento entre as infinitas obras de arte que Florença oferece (lembre-se do que aconteceu com Stendhal, eu já avisei), o lugar certo é este: o Jardim Boboli.

Este oásis localizado atrás do Palácio Pitti é uma maravilha de um jardim renascentista cheio de surpresas em seu caminho, de um anfiteatro a fontes, cavernas e esculturas que farão de sua caminhada uma experiência verdadeiramente encantadora.

Conheça a Piazza Santa Croce e sua Igreja

Outro dos locais mais visitados de Florença, em parte pelo grande ambiente que exala, é a Piazza de la Santa Croce, no centro histórico da cidade. De forma retangular, a praça é guardada por majestosos palácios e uma estátua de Dante Alighieri.

Sua Igreja é famosa por abrigar os túmulos de figuras ilustres como Michelangelo, Galileo Galiei, Machiavelli ou Lorenzo Ghiberti, sendo conhecida como o Panteão das Glórias Italianas.

Entre na Capela dos Medici

A Capela Medici pode passar despercebida se você não estiver procurando por ela, no entanto, seu interior interessante vale a pena uma visita.

Os destaques incluem a Nova Sacristia, projetada por Michelangelo, e a Capela dos Príncipes, uma sala octogonal revestida de mármore e pedras semipreciosas onde estão os restos mortais de alguns dos mais ilustres membros da mais famosa e poderosa dinastia padroeira da história de Itália.

Perca-se na zona rural da Toscana e visite Cinque Terre, Siena ou Pisa

A localização excepcional de Florença torna a sua visita uma oportunidade única de descobrir outras maravilhas que a Itália tem a oferecer.

E, Florença está localizada na bela região da Toscana, com cidades idílicas como San Gimignano, e muito perto de cidades importantes como Siena e Siena e a maravilhosa região de Cinque Terre, na Riviera italiana e um Patrimônio Mundial por suas cinco aldeias com fachadas coloridas e penduradas em penhascos impressionantes.