Parcele sua compra em até 6 vezes no cartão de crédito. Visa card MasterCard Black card American Express Black card

Ingressos para a Galeria Borghese

A Galleria Borghese, é uma das principais galerias de arte da capital e uma das mais renomadas do mundo por exibir autênticas obras de arte de autores como Bernini, Rafael, Botticelli e Rubens. Vale a pena uma visita? Claro, e não só pelas obras que possui, mas também pela extraordinária forma de chegar a ela, localizado no Jardim Villa Borghese, o segundo maior parque de Roma e o mais bonito de todos

Onde comprar os ingressos da Galleria Borghese

On-line

A maior recomendação que posso te dar para visitar a Galleria Borghese é comprar seus ingressos com bastante antecedência para que você não perca esta experiência e que compre online. A outra recomendação é, que entre todos os tipos de ingressos antecipados, os que considero ser a melhor opção para aproveitar ao máximo sua visita. São os seguintes:

Por telefone

Devido ao grande número de turistas que a Galleria Borghese atrai, os ingressos só podem ser comprados com antecedência, por telefone ou on-line. Este é o número de telefone: (+39) 06 841 3979. Para mim, esta não é a opção mais conveniente, pelo custo da chamada e porque você não poderá comparar os preços dos diferentes tipos de ingresso com tranquilidade.

Lago da Villa Borghese
Lago da Villa Borghese

Ingressos para a Galleria Borghese sem filas

É o ingresso básico e com ele você pode ir ao museu em uma hora pré reservada e sem fila. Além disso, comprando esse ingresso sem fila você tem a possibilidade de fazer a visita no seu próprio ritmo ou escolher um ingresso superior e fazer um tour guiado de 3 horas onde você pode conhecer a história do museu e suas peças junto com um guia e no máximo 20 pessoas. Este tour guiado é uma ótima opção, pois inclui também uma caminhada para descobrir os maravilhosos Jardins da Villa Borghese.

O que está incluído no ingresso para a Galleria Borghese?

Entrada garantida na Galleria Borghese sem espera.
Opção de upgrade do ingresso com tour guiado do museu e jardins da Villa Borghese.

Assim que comprar, você receberá a confirmação imediata de sua reserva e seu ingresso em formato eletrônico. O cancelamento é totalmente gratuito, desde que seja feito 24 horas antes da data prevista para a visita.

O que não está incluído no ingresso para a Galleria Borghese?

  • Gorjeta
  • Transfer de ida e volta para o seu hotel.
  • Comida e bebida, a menos que especificado.

Ana's Traveller Tip

Chegue um pouco antes do horário da sua visita, caso você se atrase para o seu horário marcado a entrada não será permitida.

Tour privado da Galleria Borghese com um guia especializado em história da arte

Se você é um verdadeiro amante da arte e quer uma experiência ainda mais enriquecedora, há a possibilidade de fazer um tour privado no qual um especialista em história da arte te explicará todos os detalhes da história da Galleria Borghese e de suas obras de arte.

Ele também o levará para uma visita guiada aos jardins e para finalizar a Piazza del Popolo rodeado por duas importantes igrejas, você poderá comparar a ordem e harmonia da Capela Renascentista Chigi de Rafael com a força emocional e sensual das obras de arte barrocas de Caravaggio na Igreja de Santa Maria del Popolo. Com duas das composições mais famosas do pintor: "A Crucificação de São Pedro" e "A Conversa de São Paulo".

Você pode também personalizar as explicações do guia indicando o que você está mais interessado em saber sobre o museu, sua história, sua escultura ou sua pintura.

O que está incluído no tour privado da Galleria Borghese?

  • Guia profissional especializado em história da arte
  • Ingresso para a Galleria Borghese
  • Tour da Galleria Borghese, aos Jardins e a Piazza del Popolo

O que não está incluído no tour privado da Galleria Borghese?

  • Gorjeta
  • Comida e bebida
  • Transfer de ida e volta ao seu hotel

Outras informações sobre o tour privado da Galleria Borghese

  • É acessível para cadeira de rodas
  • É acessível para carrinhos de bebê
  • Superfícies amigáveis a cadeiras de rodas
  • É uma atividade privada, por isso só poderá participar o seu grupo

Detalhe do interior da Galeria
Detalhe do interior da Galeria
:

Roma Pass e outros passes que dão acesso a Galleria Borghese

A Galleria Borghese está incluída no Roma Pass, o cartão turístico de Roma que inclui uma tarifa plana para entrar nas principais atrações turísticas. Com ele, você economiza em ingressos individuais para museus e tempo esperando nas filas.

Roma é uma das capitais mais turísticas e com mais pontos de interesse no mundo, então se você for passar vários dias na cidade e quer visitar a maioria de suas maravilhas sem estress, te aconselho o Roma Pass. Você pode ler o que é e como conseguir o seu neste outro artigo que escrevi sobre Roma Pass.

Mas, lembre-se que mesmo que você tenha o seu Roma Pass, para visitar a Galleria Borghese você deve reservar o seu ingresso e horário com antecedência. Para isso, a reserva é feita pelo telefone +34 0039 06 32 810 ou enviando um e-mail para [email protected] (normalmente respondem em 48 horas).

Horário

A Galleria Borghese pode ser visitada de terça-feira a domingo das 8:30 às 19:30.
O museu está aberto todos os dias do ano, exceto às segundas-feiras e nos dias 1º de janeiro e 25 de dezembro.

Como chegar na Galleria Borghese?

Como quase tudo em Roma, para chegar a Galleria Borghese você pode pegar o metrô ou o ônibus, pois está um pouco mais afastada do centro e das principais atrações da cidade.

Metrô

A estação de metrô mais próxima é a Piazza di Spagna, linha A.

Ônibus

Para chegar na Galleria de ônibus há diferentes opções, dependendo de onde você está hospedado ou de onde você está na cidade:

  • Ônibus 52 (passa a cada 15 minutos): V.Tritone, Pza.Barberini, V.Veneto... Te deixará do lado de fora do parque, a 200 metros da entrada.
  • Ônibus 53 (passa a cada 25 minutos): V.Tritone, Pza.Barberini, V.Veneto... Você vai sair no mesmo lugar que o ônibus anterior.
  • Ônibus 95 (passa a cada 15 minutos): Bocca Verità, V.Teatro Marcello, P.Venecia, V.Corso. Deixa você dentro do próprio parque e a 10 minutos a pé da galeria.
  • Ônibus 86 e 116 (é elétrico, por ruas estreitas e passa a cada 5-10 minutos): V.Giulia, V.dei Baullari, Corso Rinascimento, V.Zanardelli... Você deve descer na Porta Pinciana, a mais ou menos 10 minutos do parque.

Não se esqueça da pontualidade na hora de ir para a Galeria, portanto, se você for em transporte saia com antecedência no caso do trânsito caótico de Roma atrasar seu ônibus.

Detalhe do interior da Galeria
Detalhe do interior da Galeria

Um pouco de história sobre a Galleria Borghese

A Galleria Borghese possui uma extraordinária coleção de pinturas italianas dos séculos XVI-XVII, com obras de Ticiano, Antonello da Messina, Bellini... Abriga autênticas jóias de pintura como a 'Pietà' de Rubens, a 'Senhora do Unicórnio' de Raphael e a 'Paulina Bonaparte' de Cánova.

O Museu

Mostra salas dedicadas aos mestres das luzes e sombras, Caravaggio, com seu impressionante 'David com a cabeça de Golias' e outras que abrigam esculturas do primeiro período do gênio Bernini, como 'Apolo e Daphne' e o 'David', além de antiguidades romanas com um 'Mosaico com gladiadores', do século IV d.C., e um 'Satyr Dançante' do século IV a.C.

Além disso, é um museu realmente bonito em termos de decoração e bastante abrangente, com dois andares que podem ser visitados em duas horas, esta é a duração máxima permitida para cada visita, e sem multidões, apenas 360 pessoas são permitidas em cada turno. Isso significa um passeio mais descontraído, mas também mais procurado.

A galeria é um edifício palaciano do século XVII, chamado "Casino Nobile" desta Villa, construído em 1633 como residência e espaço de exposição da coleção privada, e já famoso na época, do Cardeal Scipione Borghese patrono de Bernini sobrinho do Papa Paulo V e a quem a galeria e os jardins devem seu nome.

O edifício

A Galleria Borghese é, na verdade, um dos primeiros edifícios do mundo que foi expressamente construído para fins de exposição, que comparado com outras galerias de arte moderna indica uma certa antiguidade. Apesar da sua reforma em 1775 sob a direção do arquiteto Antonio Asprucci, que reposicionou as esculturas e antiguidades do museu sob um único critério temático.

Foi no final do século XVIII que o prédio foi convertido em museu público. Algum tempo depois, em 1808 e como consequência de não conseguir manter o legado, a família foi obrigada a vender várias das esculturas e antiguidades ao imperador Napoleão Bonaparte, cunhado do príncipe Camilo Borghese. É por esta razão que algumas das preciosidades que a galeria abrigou em sua época estão agora no Museu do Louvre em Paris, como a notável estátua do "Gladiador Borghese”.

No entanto, obviamente o valor do conteúdo atual da Galleria Borghese supera qualquer obstáculo e, além disso talvez seja esse sentimento de que em Roma tudo é aproveitado já tudo tem um valor intrínseco, o que dá um aspecto romântico e emoção a qualquer um de seus pontos. É saber que você está vendo a história ao vivo que marca sua viagem a Roma.

Ana’s Traveller Tip

O parque Villa Borghese é gratuito e você pode visitar mesmo que não tenha um ingresso para a Galeria. Para mim, o parque é uma parada obrigatória em qualquer viagem a Roma.

O que posso ver perto da Galleria Borghese?

Jardins da Villa Borghese

Roma exala arte por todos os lados, por isso há muitos outros lugares interessantes ao redor da Galeria Borghese que você pode aproveitar para conhecer no mesmo dia da sua visita ao museu. Se você decidiu comprar seu ingresso para a Galleria Borghese, para chegar você vai passar pelos magníficos Jardins da Villa Borghese, mas eles realmente valem uma visita. Já que são um dos maiores parques urbanos da Europa e onde natureza e arte se unem para criar um verdadeiro cenário de sonhos.

Ali você vai encontrar esculturas, lagoas, templos, bosques e o Zoológico de Roma, conhecido como Bioparco, com mais de 1.000 animais de 200 espécies diferentes; o Relógio Pincio Water, um exemplo da engenharia do século XIX que ainda está em pleno funcionamento e até uma cópia do Globe Theatre de Shakespeare em Londres, o Silvano Toti Globe Theatre. Um espetáculo e tanto para todos os sentidos.

Jardins da Villa Borghese
Jardins da Villa Borghese

Santa Maria della Concezione dei Cappuccini

Muito perto da região, a aproximadamente um quilômetro de distância, existem duas igrejas de renome. A Igreja de Santa Maria da Conceição dos Capuchinhos é uma das mais especiais de Roma porque abriga uma cripta decorada com os ossos de mais de 4.000 irmãos Capuchinhos que morreram entre 1528 e 1870 e construída entre 1626 e 1631 pelas ordens do papa Urbano VIII.

Santa Maria della Vittoria é a outra basílica da região. Construída no século XVII para comemorar a vitória do Imperador Fernando II na Batalha do Monte Branco, você lembrará se você já viu o filme de Dan Brown, Anjos e Demônios, pois foi cenário para o filme.

Praça da Espanha e outras ruas e praças imperdíveis

A uma curta distância você pode visitar outro dos pontos obrigatórios de Roma como, a famosa Piazza di Spagna e seus degraus que foram construídos no início do século XVIII para conectar a praça com a Igreja de Trinità dei Monti. São sempre cheia de turistas, artistas de rua, vendedores ambulantes e os próprios romanos, a praça se conecta diretamente com outra das áreas mais populares da cidade, a Via dei Condotti, uma rua muito famosa para compras de luxo.

A pouco mais de um quilômetro de distância você pode apreciar outra das praças mais emblemáticas da cidade, Praça de Barberini, localizada no final da Via Veneto e que é particularmente marcante graças às duas importantes fontes feitas por Bernini que a decoram, o Tritão e as Abelhas. Além disso, e a uma curta distância da praça, está o Palazzo Barberini, um maravilhoso palácio barroco onde fica Galeria Nacional de Arte Antiga, com mais de 1.400 peças de renomados artistas dos séculos XIII a XVIII, entre as quais se encontram obras de Ticiano, El Greco, Caravaggio, Tintoretto e Rafael, com sua brilhante obra "La Fornarina".

Se você não quer perder nenhuma das ruas ou praças mais incríveis da cidade, eu recomendo que você faça um tour guiado. A quantidade de ruas, estátuas, fontes e obras de arte que podem passar despercebido por Roma se você não for com um guia especializado é grande. Por isso eu escrevi este guia sobre Os melhores tours de Roma que pode ajudá-lo a escolher o melhor tour guiado para você.

Se você estiver interessado na Galeria Borghese, também te interessará...

Roma em si é um museu ao ar livre, mas depois de visitar suas principais atrações, sair da capital italiana também é uma boa maneira de completar sua viagem. Ao redor de Roma há verdadeiras maravilhas acessíveis em uma viagem de um dia. No meu artigo em As melhores excursões de Roma te proponho as opções mais interessantes.

Se você preferir continuar explorando a capital, não deixe de conhecer Trastevere, é um dos bairros mais pitorescos e boêmios da cidade. Te direi como neste artigo O que ver e fazer em Trastevere.

Melhores Ingressos para a Galeria Borghese