Parcele sua compra em até 6 vezes no cartão de crédito. Visa card MasterCard Black card American Express Black card

Como fazer um seguro médico para viajar a Nova York

Se você está planejando viajar para Nova York, fazer um bom seguro de saúde é essencial para tirar qualquer preocupação. Eu te conto como escolher o melhor para você

Isabel Catalán

Isabel Catalán

17 de abr de 2021 • Leitura de 7 minutos

Como fazer um seguro médico para viajar a Nova York

Atendimento médico em Nova York | ©Bermix Studio

Nos Estados Unidos, a assistência médica é privada e pode ser muito cara caso aconteça um acidente durante a sua viagem e você não tiver seguro médico. É por isso que é melhor tomar precauções e antes de viajar para Nova York, fazer um seguro médico.

1. Preciso de seguro saúde para viajar para Nova York?

Mapa dos Estados Unidos | ©Joey Csunyo
Mapa dos Estados Unidos | ©Joey Csunyo

Os Estados Unidos não têm acordos de saúde com outros países e é por isso que você precisa fazer um seguro de assistência médica para ir Nova York que cubra os gastos médicos caso você precise em algum momento. Não é obrigatório, pois eles perguntam se você o tem ao passar no controle de aduana no e segurança do aeroporto, mas como a assistência médica neste país é privada e, acredite em mim, pode ser muito cara para um turista. Ter um seguro médico é estar prevenido!

2. Quais são os custos médicos nos Estados Unidos?

Instrumentos médicos | ©Unsplash
Instrumentos médicos | ©Unsplash

Minha recomendação é que antes de cruzar o continente você saiba como funciona o sistema de saúde nos Estados Unidos e os seguros de viagem. É uma despesa adicional, mas se por algum motivo você precisar de assistência médica durante sua viagem a Nova York, você pode ter certeza de que será atendido e voltará para casa sem dívidas. Caso contrário, você estará olhando para uma conta muito alta por não ter cobertura. Aqui estão algumas referências de preço:

  • O preço mínimo para uma consulta é de US$ 300.
  • Uma visita para conseguir uma receita pode custar US$350.
  • O tratamento para uma perna quebrada pode custar US$7.500.
  • O custo médio de uma estadia hospitalar de três dias é de cerca de US$ 30.000.

Também se você não tiver seguro, o atendimento em diferentes hospitais da cidade tem preços diferentes que podem fazer com que você não saiba ao certo quanto um tratamento te acabará custando. É por isso que não cansarei de repetir: para evitar surpresas desagradáveis, a melhor coisa é tomar precauções e fazer um seguro médico antes de viajar para Nova York

3. Quando fazer um seguro médico para Nova York?

Consulta médica online | ©Unsplash
Consulta médica online | ©Unsplash

A maioria dos seguros de viagem não podem ser adquiridos quando chegar no destino e você precisa comprar antes de viajar. O meu conselho é que você compre o quanto antes. Você também pode adicionar cobertura em caso de cancelamento da viagem. Neste caso, toda a cobertura médica e o reembolso do cancelamento da sua viagem será incluído. O que o seguro médico de viagem inclui?: cobre despesas médicas, repatriação, retorno antecipado, bagagem e muitas outras garantias.

4. Que seguro de viagem escolher?

Completando o seguro online | ©Jeshoots.com
Completando o seguro online | ©Jeshoots.com

Nova York é uma das cidades com um dos mais altos custos de saúde dos Estados Unidos. A cobertura mais comum para viagens a outros países é geralmente em torno de US$50.000, mas aqui pode não ser suficiente.

Para viajar para a Big Apple eu recomendo fazer um seguro médico e de cancelamento de viagem com cobertura de até us$100.000 euros no mínimo (melhor se for maior). Quanto maior for a cobertura, mais caro será o seguro, mas eu não viajaria para os EUA com menos do que isso.

5. Como escolher o melhor seguro saúde para Nova York?

Preparando a viagem | ©Annie Spratt
Preparando a viagem | ©Annie Spratt

Se você já fez alguma pesquisa sobre este tópico, você já terá visto que há várias opções no mercado e muitas vezes as apólices de seguro são difíceis de comparar porque cada seguradora tem condições e coberturas diferentes.

Além disso, as seguradoras usam terminologias muito específicas que podem soar como grego se você não estiver familiarizado com o assunto. Então, como escolher o melhor seguro para você entre todas as opções? Para te ajudar neste momento e escolher o mais adequado, aqui está o que eu considero essencial em todo seguro de viagem na hora de contratar com qualquer empresa.

6. O que é essencial em um seguro médico para Nova York?

Bandeira americana | ©Joshua Hoehne
Bandeira americana | ©Joshua Hoehne

  • Cobertura médica de até US$100.000 mínimo para acidentes e doenças (se for mais, melhor). Certifique-se de que parte deste seguro também seja destinada para emergências dentárias (custos de tratamento para infecção, trauma ou dor), caso um dente decida te dar trabalho enquanto estiver de férias.

  • A cobertura geralmente inclui envio de medicamentos que podem ser obtidos no exterior, embora não seja tão importante no caso de Nova York, pois nesta cidade você poderá encontrar qualquer medicamento.

  • Que não seja necessário pagar adiantado: a assistência médica é muito cara nos Estados Unidos, portanto é essencial que seu seguro saúde para Nova York não faça você pagar antecipadamente, mas sim que a seguradora administre os pagamentos diretamente com o hospital. Algumas seguradoras pedem ao viajante que faça o pagamento primeiro e depois realizam o reembolso, mas o pagamento de uma quantia tão grande de uma só vez pode deixar sua conta zerada e também perder dinheiro com o câmbio de moeda.

  • Repatriação: É muito importante que o seguro inclua a transferência ou repatriação médica do segurado em caso de doença ou morte.

  • Assistência jurídica e responsabilidade civil: O seguro escolhido deve incluir cobertura de responsabilidade civil por danos que você possa causar a terceiros se tiver um acidente de carro, por exemplo, bem como assistência jurídica para ter o conselho de um advogado no caso de precisar.

  • Retorno antecipado: Certifique-se de que o seguro escolhido inclui o retorno antecipado em caso de morte ou hospitalização de um parente direto ou se ocorrer um incidente grave na sua casa ou estabelecimento comercial, como roubo, incêndio, inundação ou explosão. Em todos esses casos, você terá que fornecer documentos que comprovam esses acontecimentos

  • Volta da viagem: Você deve verificar se seu seguro cobre o retorno da viagem se você tiver que voltar ao seu local de residência mais cedo. Se assim for, nestes casos o seguro cobre o custo de retornar ao local onde você estava antes de ocorrer um incidente.

  • Bagagem: Garantirá que sua bagagem esteja protegida contra todos os problemas que enfrenta quando você viaja. Por exemplo, em caso de roubo na viagem de ida. Também se sua bagagem não aparecer na esteira de coleta ou se a companhia aérea a perder e você estiver sem mala durante sua viagem a Nova York.

  • Atraso na viagem: A viagem para Nova York é cara e requer bastante planejamento, portanto, como viajante, você provavelmente vai querer alguma compensação se seu voo for atrasado ou cancelado. A este respeito, é uma boa idéia ler as letras miúdas da sua apólice porque as seguradoras geralmente não o compensarão se a culpa for da companhia aérea, se o atraso não tiver sido de pelo menos 4 a 6 horas ou se for devido a uma greve.

  • Extensão da viagem: Se você precisar estender sua estadia em Nova York devido à uma doença ou que um parente esteja indo para te acompanhar, as apólices de seguro têm um limite de acomodação por dia e por pessoa. Verifique se a quantidade não é muito baixa porque os hotéis nesta cidade são bastante caros, especialmente se você tiver que reservar de última hora.

Isabel’s Traveller Tip

Guarde todos os recibos, relatórios e qualquer outra documentação que você tenha que enviar para a companhia de seguros.

7. Como funciona a apólice se eu precisar dela?

Trabalhando | ©Annie Spratt
Trabalhando | ©Annie Spratt

Assim que você fizer seu seguro médico para Nova York eles te enviarão toda a documentação e forneceram um número de telefone para entrar em contato com a companhia de seguros caso você precise usar a apólice. Eles te informarão a qual hospital você precisa ir. Desta forma, você não terá que pagar nenhum dinheiro adiantado e sua seguradora cobrirá os custos.

Quando você estiver no exterior e ocorrer um imprevisto que possa causar angústia, é essencial poder se comunicar fácil e rapidamente com a seguradora para resolver o assunto o mais rápido possível. Todas as seguradoras oferecem aos clientes uma linha de ajuda 24 horas mas ter um chat é uma vantagem porque assim terá um canal de comunicação aberto com a empresa e não terá que repetir tudo o que aconteceu e os detalhes toda vez que ligar para eles.

8. O seguro do cartão de crédito é suficiente se me cobre nos Estados Unidos?

Documentação preparada | ©Kelly Sikkema
Documentação preparada | ©Kelly Sikkema

Muitos viajantes consideram que a cobertura de seguro oferecida pelos cartões de crédito ao pagar as passagens aéreas com eles é suficiente para viajar para Nova York. Entretanto, é uma boa ideia verificar os termos e condições do seu cartão de crédito, pois o valor fornecido pode não cobrir tudo o que você possa precisar.

Embora fazer um seguro médico para Nova York seja um custo extra que você talvez queira evitar por estar em excelente saúde, meu conselho é não economizar nas despesas porque se infelizmente ocorreu um incidente durante suas férias, com uma apólice de seguro você poupará muitas dores de cabeça.

9. O seguro cobre os custos do coronavírus?

Máscaras | ©Unsplash
Máscaras | ©Unsplash

Dadas as circunstâncias atuais, é importante que o seguro que você faça para viajar para Nova York também cubra cuidados médicos em caso de infecção por coronavírus, incluindo testes e estadia prolongada em sua acomodação se você precisar fazer quarentena.

10. Além do seguro médico, como posso obter um visto para viajar para Nova York?

Viajando | ©Gabrielle Henderson
Viajando | ©Gabrielle Henderson

Se você está organizando sua viagem a Nova York, além do seguro médico você precisará obter um visto para entrar nos Estados Unidos como turista. Neste artigo eu te conto tirar o seu visto.