Os cookies nos ajudam a fornecer nossos serviços. Ao usar nosso website, você concorda com o uso de cookies. Saber mais.

14 Melhores Dicas de Viagem para Dublin

Ter a oportunidade de fazer uma viagem a Dublin é uma experiência única. Aproveite cada segundo de sua estadia seguindo as dicas essenciais que compartilho com você abaixo.

Katherine Betances

Katherine Betances

Leitura de 8 minutos

14 Melhores Dicas de Viagem para Dublin

Ruas de Dublin, Irlanda | ©Sean MacEntee

Está planejando uma viagem para conhecer as maravilhas que Dublin tem a oferecer? Fico feliz por você! Esse destino, como qualquer outra cidade do mundo, tem suas peculiaridades que você deve conhecer antes de viajar para evitar surpresas desagradáveis e reduzir imprevistos.

Você encontrará muitasatrações para aproveitar em Dublin e, nesta lista, compartilharei com você tudo o que precisa saber para desfrutar de férias perfeitas.

1. O clima em Dublin pode ser imprevisível

Dia do parque| ©Giuseppe Milo
Dia do parque| ©Giuseppe Milo

A esta altura, você provavelmente já sabe que a Irlanda é um país famoso por seu clima úmido e extremamente imprevisível; você pode acordar em uma manhã de verão em um dia ensolarado e ver o sol desaparecer antes do meio-dia para dar lugar ao vento e à chuva.

Os habitantes locais afirmam que há dias em que é possível experimentar todas as quatro estações em um único dia.

Meu conselho? Não se deixe abater e integre essa eventualidade como parte da aventura de conhecer Dublin, reservando uma visita guiada a Dublin, por exemplo, mas, é claro, vá preparado para todas as condições climáticas, levando tudo o que for necessário para ficar confortável e seco: mackintoshes, guarda-chuvas, botas de chuva, um casaco leve ou roupas de inverno, dependendo da época da viagem.

Reserve uma visita guiada a Dublin

2. Descubra a melhor época para viajar para Dublin

Verão chuvoso| ©Janette Kelly
Verão chuvoso| ©Janette Kelly

Quando se trata da Irlanda em geral, mas especialmente da cidade de Dublin, o turismo é altamente sazonal. Informe-se sobre as baixas temporadas, as altas temporadas e escolha de acordo com seus objetivos de viagem.

  • Alta temporada: O verãoem Dublin, especialmente os meses de julho e agosto, é a alta temporada turística. Nesses meses, visitar a Irlanda pode ser um pouco mais caro e as opções de acomodação se esgotam rapidamente. Reserve com a maior antecedência possível.
  • Meia estação: Abril, maio, junho, setembro e outubro é a época de baixa temporada com bom tempo, ideal para explorar a cidade a fundo.
  • Baixa temporada: A baixa temporada está ligada aos meses de inverno em Dublin. Além do clima frio, algumas atrações rurais nos arredores de Dublin podem estar fechadas ou funcionar em horários limitados devido aos dias curtos.

Reserve seu passeio de bicicleta em Dublin

3. Pegue o ônibus de turismo para economizar tempo e dinheiro.

Ônibus turístico pelas ruas de Dublin| ©bug weiser
Ônibus turístico pelas ruas de Dublin| ©bug weiser

Como você perceberá ao organizar seu itinerário em Dublin, a maioria das atrações da cidade é de fácil acesso. Por exemplo, a partir do Trinity College, você pode chegar facilmente a vários pontos de interesse, como o Temple Bar, o Museu de Arqueologia ou a icônica Grafton Street.

Entretanto, outras atrações igualmente importantes, como a Guinness Storehouse ou a Kilmainham Gaol, ficam um pouco mais distantes. Você pode usar o transporte público, mas os ônibus de turismo em Dublin são a maneira mais eficaz de se locomover pela cidade entre as principais atrações. A melhor parte? Você pode comprar um passe para vários dias.

Reserve seu ônibus turístico de Dublin

4. Sobre gorjetas e como pagar em Dublin

O Church Pub| ©William Murphy
O Church Pub| ©William Murphy

Em Dublin, e na Irlanda em geral, a cultura da gorjeta não é tão arraigada quanto em outros destinos e, embora os prestadores de serviços não dependam da gorjeta para viver, ela é bem-vinda. Anote estas dicas sobre gorjetas em Dublin e aplique-as de acordo com o estabelecimento que estiver visitando ou a atividade que estiver realizando.

  • Em pubs, bares e restaurantes: Uma faixa de gorjeta entre 10% e 15% é totalmente aceitável.
  • Guias de turismo em passeios pagos: uma faixa entre 10% e 15%.
  • Passeios gratuitos: Mínimo em torno de € 10 por pessoa.
  • Táxis: A gorjeta não é exigida ou esperada nos táxis, mas você pode dar gorjeta se quiser.

Reserve seu pub crawl emDublin

5. Compre um Dublin Pass

Comprando o Dublin Pass| ©Lisa Fotios
Comprando o Dublin Pass| ©Lisa Fotios

O Dublin Pass é um recurso maravilhoso que eu recomendo a todos os visitantes de primeira viagem a Dublin e, especialmente, àqueles que planejam uma estadia curta na cidade. Você pode comprar o Dublin Pass com tudo incluído por um dia e ter acesso gratuito às atrações mais emblemáticas da cidade. Você também pode usar o ônibus Hop on and Off quantas vezes quiser durante o dia.

Antes de pagar, verifique quais atrações estão incluídas e confirme se as que chamaram sua atenção estão incluídas. A melhor maneira de adquirir o Dublin Pass é comprá-lo on-line antes de sua viagem.

Compre seu Dublin All-Inclusive Pass

6. Experimente a culinária local e visite a Cervejaria Guinness.

Café da manhã irlandês| ©Jesse
Café da manhã irlandês| ©Jesse

Se você estiver visitando Dublin, não pode perder a comida irlandesa- desde o ensopado irlandês, panquecas boxty, colcannon e peixe com batatas fritas, vale a pena experimentar um pouco de tudo. Quanto às bebidas, a cerveja Guinness - você pode conhecer suas origens reservando ingressos para visitar a Guinness Storehouse - eo café irlandês são obrigatórios em qualquer visita à cidade.

O melhor lugar para comer comida irlandesa é nos tradicionais pubs irlandeses. Esses locais oferecem comida de boa qualidade e são muito receptivos aos turistas, portanto, não deixe de visitar os melhores pubs da cidade durante sua estadia.

Reserve um tour gastronômico por Dublin

7. Não se limite apenas à capital

Penhascos de Mohe| ©njaminjami
Penhascos de Mohe| ©njaminjami

Dublin é a cidade turística mais popular do país por um motivo: da arquitetura aos castelos, passando pela rica história e pela cultura dos pubs, a capital irlandesa é uma cidade para se apaixonar.

No entanto, se você pedir conselhos a um irlandês, ele lhe dirá para aproveitar ao máximo sua viagem e explorar os muitos outros destinos exclusivos que o país tem a oferecer. A melhor parte? Há todos os tipos de excursões organizadas que partem de Dublin todos os dias, permitindo que você conheça a Irlanda sem o incômodo e o planejamento.

Embora certamente existam muitos destinos dos sonhos, aqui estão apenas algumas ideias:

Excursão a Kerry saindo de Dublin

8. Aprenda a se locomover em Dublin

Trem de Dublin| ©Giuseppe Milo
Trem de Dublin| ©Giuseppe Milo

Ao se locomover por Dublin e arredores, é importante considerar as opções de transporte disponíveis. Todas são válidas, mas escolha a que melhor atenda às suas necessidades.

Locomoção de ônibus público em Dublin

Um dos serviços mais difundidos e amplamente utilizados na cidade, o serviço de ônibus público é muito bom, pontual e eficiente. Além disso, chega a praticamente todos os cantos do país.

Locomoção em Dublin de trem

Os trens são muito rápidos e agradáveis, mas não chegam a todos os destinos. Se os lugares que deseja visitar puderem ser alcançados de trem (ou pelo menos parte do caminho), não hesite nem um segundo. Os trens devem ser reservados com antecedência, especialmente nos horários de pico.

Locomoção em Dublin de carro

Considerando as alternativas de transporte público e as muitas excursões disponíveis, não considero realmente necessário alugar um carro em Dublin, mas se você decidir fazer isso de qualquer forma, lembre-se de que a Irlanda dirige do lado esquerdo.

Compre seu Dublin All-Inclusive Pass

9. Economize dinheiro com um Heritage Pass.

Castelo de Dublin| ©Bjørn Christian Tørrissen
Castelo de Dublin| ©Bjørn Christian Tørrissen

Interessado em arquitetura e história? Considere comprar o Heritage Pass quando chegar a Dublin. Trata-se de um passe especial projetado para ver a maioria dos destaques culturais e turísticos do país, portanto, ao contrário do Dublin Pass, ele não é válido apenas em Dublin.

O passe especial inclui um grande número de atrações, como os belos castelos de Dublin, vários parques nacionais, jardins memoriais e muitos monumentos na capital e em seus arredores. Tudo isso por um preço de cerca de € 28. Ao somar o preço individual da visita às atrações, é provável que você acabe economizando.

Reserve um passeio de ônibus turístico em Dublin

10. Descubra a cidade com um passeio turístico

Passeios por Dublin| ©Gregory Dalleau
Passeios por Dublin| ©Gregory Dalleau

Ao chegar a Dublin, uma das melhores maneiras de se familiarizar com a cidade e ter uma visão rápida dos lugares mais interessantes é, sem dúvida, um passeio turístico pela cidade.

Você encontrará muitas alternativas interessantes, portanto, convido-o a explorar as opções disponíveis e reservar a que melhor atenda aos seus interesses. Passeios históricos de Dublin; passeios gastronômicos; passeios a pé; passeios de bicicleta pela cidade; passeios por fantasmas e mistérios; e muito mais. Você terá muitas opções!

Reserve sua visita guiada a Dublin

11. Conexão gratuita com a Internet em Dublin

Conexão com a Internet| ©Aditya Singh
Conexão com a Internet| ©Aditya Singh

Se estiver andando pela cidade e precisar de uma conexão com a Internet, há lugares em Dublin onde é possível obter Wi-Fi gratuito, como os pubs da cidade e todas as cafeterias Starbucks.

Além disso, o Conselho Municipal de Dublin lançou uma iniciativa de pontos de acesso gratuito à Internet em locais selecionados da cidade. Além disso, várias empresas e estabelecimentos locais oferecem esse serviço gratuitamente.

Você pode salvar o site que mostraos hotspots de Wifi gratuitos em Dublin antes de sua viagem e estar preparado para qualquer emergência.

12. Na Irlanda, você precisará de um adaptador de energia

Plugue irlandês| ©Fiona MacGinty-O’Neill
Plugue irlandês| ©Fiona MacGinty-O’Neill

Ao arrumar a mala para sua viagem à Irlanda, lembre-se de um fato muito importante: as tomadas irlandesas são trifásicas, portanto, para usar seu equipamento, será necessário comprar um adaptador.

O melhor plano é sempre adquirir o adaptador de que você precisa antes da viagem, mas se por algum motivo você o esqueceu, pode comprá-lo na própria cidade. É melhor ir até a famosa rua comercial O'Connell Street, no centro histórico de Dublin, para adquirir o equipamento necessário.

13. O idioma é importante

Aulas de inglês| ©Pixabay
Aulas de inglês| ©Pixabay

Lembre-se de que a Irlanda fica em uma ilha onde os idiomas oficiais constitucionais são o inglês e o gaélico, portanto, as ruas e as placas estão sempre nos dois idiomas.

Todos os habitantes falam inglês, portanto, se você puder se comunicar efetivamente em inglês, não deverá ter problemas. Nas áreas turísticas, você também encontrará funcionários que podem se comunicar em espanhol ou em outros idiomas populares.

Mesmo que você tenha um excelente domínio do inglês, não se assuste se achar um pouco difícil entender os habitantes locais no início, especialmente nas regiões além de Dublin. A verdade é que os irlandeses usam muitas gírias, o que, juntamente com o sotaque carregado, pode dificultar a comunicação em alguns momentos.

14. Fique atento ao horário comercial da cidade

Parque Phoenix| ©Alain Rouiller
Parque Phoenix| ©Alain Rouiller

Essa dica é especialmente importante quando estiver passeando por cidades fora da capital: na Irlanda, o domingo é considerado um dia de descanso e, embora muitas lojas e atrações estejam abertas, outras podem não estar ou podem funcionar em horários limitados.

Essa regra também se aplica aos feriados nacionais. Minha recomendação? Ao planejar seu itinerário, verifique cuidadosamente quais atrações ou lojas você visitará no domingo e verifique o horário de funcionamento de cada uma delas.