Parcele sua compra em até 6 vezes no cartão de crédito. Visa card MasterCard Black card American Express Black card

O que fazer em Orlando Budapeste

Estou certo de que Budapeste não o deixará indiferente: muitas vezes subestimada ao lado de Viena ou Praga, a Pérola do Danúbio tem muito a oferecer a seus visitantes. Vou lhes contar tudo abaixo

Alex Grande

Alex Grande

Leitura de 6 minutos

O que fazer em Orlando Budapeste

Vista panorâmica de Budapeste | ©Kate Kasutich

"Pérola do Danúbio" ou "Paris do Leste" são apenas alguns dos apelidos de Budapeste: a cidade é uma pequena jóia escondida entre grandes nomes como Viena ou Praga e não tem nada a invejar de outras capitais européias. Aqui está uma lista das 10 atividades obrigatórias para sua viagem a Budapeste:

1. Faça uma visita guiada ao centro da cidade

Igreja de São Matias| ©Keith Yahl
Igreja de São Matias| ©Keith Yahl

Ao final de uma viagem, muitas imagens virão à mente, mas com o tempo saberemos o que significam? Lembraremos os nomes dos lugares? Provavelmente não, e isso porque visitar uma cidade e conhecê-la não é a mesma coisa; a diferença entre os dois conceitos está em uma visita guiada na qual um especialista nos ensina a olhar a cidade como um local o faria , descobrindo sua verdadeira história e significado.

Portanto, minha recomendação é de fazer uma das visitas guiadas que selecionei neste artigo: Os 10 melhores tours e excursões partindo de BudapesteMais ainda se você estiver visitando Budapeste por um dia ou mesmo dois dias, o que é apenas tempo suficiente para conhecer as principais atrações da cidade.

Com estes passeios você pode descobrir o centro da cidade, o Parlamento húngaro, o bairro judeu, o Castelo de Buda, a Basílica de Santo Estêvão ou a Ponte da Corrente, entre muitas outras coisas.

2. Relaxar em um spa

Interior do Spa Géllert| ©Sandra Cohen-Rose and Colin Rose
Interior do Spa Géllert| ©Sandra Cohen-Rose and Colin Rose

O que em qualquer outra cidade pode ser uma atividade de "enchimento", em Budapeste se torna uma visita obrigatória no mesmo nível do Parlamento ou do Rio Danúbio. Os spas da cidade são simplesmente deslumbrantes: a decoração suntuosa e as piscinas ao ar livre tornam a experiência única.

Ir para Budapeste no inverno quando está vários graus abaixo de zero e tomar banho ao ar livre em uma piscina vaporizada é algo que você nunca esquecerá. É também um grande plano se você quiser adicioná-lo à sua lista de coisas para fazer no Natal em Budapeste.

Você pode comprar on-line seu ingresso para um spa em Budapeste, seja no Széchenyi Spa ou no Géllert Hotel Spa.

3. Faça um cruzeiro no Danúbio

Cruzeiro no Danúbio enquanto ele flui através de Budapeste| ©Adam Jones
Cruzeiro no Danúbio enquanto ele flui através de Budapeste| ©Adam Jones

O Rio Danúbio é a alma de Budapeste e o ponto de referência para contornar a cidade ao separar as duas margens correspondentes às duas partes da cidade: Buda e Pest.

Para aproveitar o rio Budapeste e visitar a capital húngara no verão, a melhor coisa a fazer é fazer um cruzeiro no Danúbio. Alguns incluem jantar, particularmente muitos dos cruzeiros noturnos, outros oferecem entretenimento ao vivo, enquanto outros são mais simples e apenas dão uma volta pelos principais pontos de interesse da cidade.

Se você é alguém que gosta de experimentar a cidade à noite, recomendo que visite este posto cerca de 10 coisas para fazer em Budapeste à noite.

4. Visite o Parlamento húngaro

O Parlamento do Danúbio| ©Cor Oosterbeek
O Parlamento do Danúbio| ©Cor Oosterbeek

O Parlamento húngaro é inconfundível; a primeira vez que você visita a cidade é impossível não ser atraído a este enorme edifício, que também é o maior do país. Sua fachada é impressionante e suas vistas noturnas são um verdadeiro banquete para os olhos, mas ver o interior também não é menos impressionante.

Recomendo uma visita guiada ao Parlamento para aprender detalhes interessantes sobre a organização política do país, bem como para apreciar suas luxuosas salas cuja decoração e arquitetura mistura estilos neoclássicos, renascentistas e barrocos. Você também pode saber como obter ingressos para o Parlamento aqui.

5. Visita aos arredores de Budapeste

Palácio de Gödöllo| ©Károly Szántai
Palácio de Gödöllo| ©Károly Szántai

A cidade de Budapeste tem muito a oferecer ao viajante, mas a área circundante não está muito atrás. A localização geográfica da cidade permite viagens de um dia a partir de Budapeste para descobrir uma parte diferente da paisagem húngara. Desde uma visita ao Palácio de Gödöllo, o preferido da Rainha Sissi, até uma viagem às aldeias ao longo da Curva do Danúbio, há muita variedade.

Ou, se você tiver mais tempo para passar em Budapeste - por exemplo, se tiver três dias em Budapeste, quatro ou se tiver a sorte de ter cinco dias na cidade húngara - e quiser ver outra capital européia, aqui está um posto para ajudá-lo a descobrir como chegar de Budapeste a Bratislava.

6. Cruzeiro pela cidade em um dos ônibus turísticos da cidade

Ônibus de turismo| ©Albert Lugosi
Ônibus de turismo| ©Albert Lugosi

Uma vez que você tenha seus traslados do aeroporto para a cidade de Budapeste organizados e esteja organizando sua viagem, recomendo que considere a compra do Cartão de Budapeste, com o qual você poderá desfrutar de transporte público gratuito.

Entretanto, se o que você quer é não perder nenhum dos pontos turísticos da cidade de Budapeste e desfrutar dos pontos turísticos desta cidade de forma confortável e sem multidões ou caminhadas, a opção de fazer um passeio a Budapeste de ônibus turístico é algo a ser valorizado. Não importa o quanto você ande pelo centro da cidade, sempre haverá mais pontos turísticos fora do caminho para ver em uma visita guiada de ônibus.

Outra maneira confortável e divertida de conhecer a cidade é de bicicleta. Aqui está um link para alguns dos melhores passeios de bicicleta em Budapeste.

7. Entrar na Igreja de St. Matthias

Interior da Igreja de St. Matthias| ©Anne and David
Interior da Igreja de St. Matthias| ©Anne and David

Não há nada escrito sobre gostos e opiniões, mas se você só pudesse entrar em um dos prédios na Hungria, em nível pessoal eu recomendaria esta igreja. Localizado à beira de Buda, o exterior é em estilo neo-gótico e já chama a atenção do viajante pela harmonia de suas formas, mas o interior... é incrível.

Quando você entra na Igreja Católica de Matthias, também conhecida como Igreja de Nossa Senhora, você tem dificuldade para decidir para qual canto olhar. Todas as paredes estão cobertas com mosaicos e caminhar pelas arcadas desta igreja é como caminhar pela toca do coelho em Alice no País das Maravilhas.

8. Passeio pelo Mercado Central

Mercado Central de Budapeste| ©BriYYZ
Mercado Central de Budapeste| ©BriYYZ

Ao visitar uma cidade, há sempre alguém que prefere fazer compras e outros que estão mais inclinados a fazer turismo ou apreciar a gastronomia (culpados). O plano de visitar o Mercado Central é ideal para ambos os tipos de viajantes, pois é um ponto de interesse em si mesmo. Não é seu mercado turístico típico, embora você também encontre barracas de lembranças; é mais um ponto de encontro para todos os comerciantes humildes da cidade, quer vendam tecidos, alimentos preparados, frutas, sucos ou artesanato.

9. Saboreie um bom goulash

Goulash húngaro típico| ©stu_spivack
Goulash húngaro típico| ©stu_spivack

Desfrutar da gastronomia de cada país é uma experiência turística em si mesma. Neste caso, embora existam gostos diferentes, na Hungria você encontrará uma variedade de pratos quentes, diferentes, a um preço muito baixo e com excelente qualidade. Não perca este posto com os melhores passeios gastronômicos da cidade.

A que você mais terá ouvido falar é do goulash: uma sopa temperada com páprica que pode conter carne ou vegetais, mas seu verdadeiro sabor está no caldo. Mesmo que o conteúdo não lhe agrade, você tem que provar a sopa, assim como tem que provar o lanche oficial da cidade: langos, um pão frito quente com coberturas que lhe lembrarão uma espécie de pizza.

10. Entre em um "bar em ruínas"

Pub da ruína em Budapeste| ©Daniel Edwins
Pub da ruína em Budapeste| ©Daniel Edwins

Você provavelmente já ouviu o nome Szimpla Bar antes; é um dos mais famosos bares em ruínas de Budapeste, mas não é o único. À noite, a cidade se transforma de seu ar de Estado para um ar mais alternativo e ousado. Diferentes edifícios degradados na cidade foram convertidos em bares alternativos, com decoração interessante e um encanto especial.

Qual época do ano é a melhor época para visitar Budapeste?

Se você está decidindo quando ir para a capital húngara para aproveitar ao máximo suas vistas espetaculares, aqui está uma seleção dos melhores planos para cada mês do ano:

Você não pode perder este posto onde eu vou lhe dizer 10 dicas que você deve seguir em sua viagem a Budapeste.