Parcele sua compra em até 6 vezes no cartão de crédito. Visa card MasterCard Black card American Express Black card

Os melhores tours e excursões partindo de Marrakech

Marrakech tem muito a oferecer, mas não se esqueça do seus arredores: eu te conto quais excursões valem a pena

Ana Caballero

Ana Caballero

7 de mar de 2021 • Leitura de 15 minutos

Os melhores tours e excursões partindo de Marrakech

©Niel Taelman

Marrakech tem muitos lugares para se descobrir e aproveitar, mas para mergulhar na vida marroquina e conhecer a natureza e a paisagem do país, é aconselhável sair da cidade e fazer uma excursão.

1. Tour a pé pela Medina com guia local

A Medina de Marrakech é a área central da cidade onde a vida social, econômica e comercial acontece. É cercada por longos muros de adobe, formados por ruas estreitas e movimentadas e foi declarada Patrimônio da Humanidade. Com esta descrição é fácil adivinhar porque um tour guiado nesta área é essencial durante a viagem para conhecer os principais lugares da atual Marrakech.

O principal valor deste tour guiado à Medina em português, não está nos pontos que você vai visitar, mas na orientação do guia local que irá acompanhar o grupo durante o trajeto. Suas experiências e conhecimentos sobre Marrakech e seu modo de vida são uma atração à qual você não terá acesso fazendo este mesmo tour por conta própria. A visita é a pé e dura cerca de quatro horas.

Itinerário do tour a pé pela Medina

  • Palácio da Bahia: também é conhecido como "Palácio da Bela" e sua principal característica é que cada centímetro dele foi decorado e coberto com tinta ou madeiras preciosas. Foi construído no século XIX e está repleto de labirintos e praças com árvores frutíferas.
  • As Tumbas Saadianas: são uma série de câmaras dispostas em torno de um pequeno jardim. Foi obra do sultão saadiano Ahmed el-Mansour, que o construiu para enterrar seus parentes e a si mesmo. Foi murada pelos Alawis e redescoberta em 1917.
  • O minarete da Koutoubia: é aquela "torre" alta que se avista do centro de Marrakech, escondida entre palmeiras e vegetação. De lá soa a voz do muezim cinco vezes ao dia. Foi construída no século XII e tem mais de 70 metros de altura.
  • Praça Jemaa el-Fna: é o ponto central de Marrakech e o movimento de pessoas neste local ao longo do ano é um espetáculo constante. Não se esqueça de subir a alguns dos terraços da zona para ver a praça de cima.
  • O souk: as barracas que percorrem a Medina são conhecidas como área do souk. Neles você encontrará todos os tipos de artesanato e especiarias.

Pôr do sol sobre Medina
Pôr do sol sobre Medina

2. Excursão às Montanhas Atlas e aos três vales com passeio de camelo

O passeio de camelo é imperdível em uma viagem ao Marrocos; Afinal, não existem muitos países onde você possa desfrutar de um passeio de camelo e você tem que aproveitar isso. Esta excursão cobre a experiência do passeio de camelo durante parte do tour e também a visita às Montanhas Atlas e aos três vales da região: Ourika (um dos mais conhecidos), Asni e Oukaimeden.

Sobre o que é esta excursão

As Montanhas Atlas estão rodeadas por aldeias berberes e oferecem aos amantes da natureza paisagens áridas extraordinárias pontilhadas por ramos verdes em algumas áreas. Uma das principais atrações deste tour é justamente o espetáculo visual que se tem durante ele, mas não é o único.

Ao longo do tour você poderá desfrutar das explicações de um guia especializado e estas, especialmente quando eles falam do modo de vida berbere, podem ser tão emocionantes quanto a paisagem, permitindo que você retorne de sua viagem com uma visão muito mais realista da vida no Marrocos.

O que esta excursão inclui

  • Transfer em veículo com ar-condicionado
  • Guia profissional
  • Água, café ou chá
  • Almoço em uma vila berbere
  • Passeio de camelo
  • Explicações de um guia profissional
  • Transfer de ida e volta em seu hotel ou riad em Marrakech

Caminhando pelo deserto
Caminhando pelo deserto

3. Tour histórico de Marrakech com visita ao Jardim Secreto

Neste tour histórico de Marrakech em português, por cerca de quatro horas, um guia local o levará para conhecer os locais históricos da cidade, incluindo o Jardim Secreto (um dos meus lugares favoritos). Depois de reservar este passeio, você encontrará seu guia e o resto do grupo no ponto de encontro e de lá você visitará, além dos pontos principais da Medina, outros como o bairro judeu de Mellah ou o mirante de Koutoubia.

Você irá gostar deste tour se durante a sua visita a Marrakech você pretende ver o Jardim Secreto (algo que não deve perder, porque é um dos locais mais bonitos da cidade). Ao longo do caminho, além de ver os pontos turísticos incluídos no roteiro, você vai conhecer a cidade e seus costumes, algo que em um lugar tão multicultural como o Marrocos será muito interessante. Sinta-se à vontade para pedir ao seu guia recomendações de onde comer ou dicas sobre como pechinchar no souk.

4. Excursão para Ouarzazate e Kasbah Ait Ben Haddou

É conhecida como “a porta do deserto do Saara” e é uma cidade a 200km de Marrakech que está rodeada por espaços fortificados de origem berbere conhecidos como kasbahs. Se isso não te lembra nada, certamente vai recordar quando eu falar os nomes dos filmes gravados nesta cidade de barro chamada Ait Ban Haddou: A Múmia, Guerra nas Estrelas, Laurence da Arábia, Gladiador ou Alexandre o Grande.

A excursão, disponível em português, espanhol, inglês, francês, italiano e árabe, pode durar cerca de doze horas (o local fica a cerca de 4h30 de Marrakech) e terá a possibilidade de contratar um guia e almoço por um adicional.

5. Tour gastronômico em Marrakech

A comida é um dos grandes atrativos desta cidade, mas nem sempre é fácil encontrar bons pratos durante a sua visita. Portanto, se você gosta de experimentar novidades e novos sabores, recomendo este tour gastronômico guiado para conhecer as especialidades locais. Faça isso no início da viagem, e será muito útil para escolher restaurantes e pratos nos dias seguintes.

O mais importante que você deve saber se está interessado pela comida marroquina e em Marrakech, é que nesta cultura comer e beber não é apenas um procedimento comum, mas sim um modo de vida, uma forma compartilhar costumes e se relacionar. Neste passeio, o guia além de oferecer a você algumas degustações (lembre-se que você não vai se sentar para comer, mas a ideia é que você experimente comidas e sabores diferentes) vai te ensinar o verdadeiro significado por trás da culinária marroquina e de pratos típicos.

Pratos típicos de Marrakech

  • A salada marroquina
  • Tajines (carnes e vegetais cozidos e temperados)
  • Cuscuz
  • Mechoui (cordeiro cozido suavemente)
  • Tanjia (ensopado de cordeiro com especiarias e limão confitado e cozido por horas)
  • Kaab el-ghazal (croissants recheados com pasta de amêndoa e aromatizados com água de flor de laranjeira)

Aproveitando os pequenos prazeres do Marrocos
Aproveitando os pequenos prazeres do Marrocos

6. Excursão reduzida às Montanhas Atlas e aos três vales com passeio de camelo

Esta outra excursão é um pouco mais curta (sete horas ao invés de nove), mas também inclui o passeio de camelo, o transporte para o hotel e o guia. Além do clima, a principal diferença talvez seja que se concentra mais nas aldeias berberes vizinhas e a rota através dos vales ao redor é ligeiramente diferente.

O almoço nesta excursão não está incluído (é um adicional de seis euros), mas em troca inclui uma parada nas cataratas para apreciar a vista e tempo livre para uma curta caminhada ao redor do vale de Imlil. A experiência de um almoço tradicional e o tomar o chá com uma família berbere são momentos que você recordará com a mesma intensidade que as paisagens que irá visitar durante o dia.

Dica de viajante da Ana

Se a sua excursão não incluí água, leve sempre uma garrafa. Não haverá muitas oportunidades de encontrar água potável ao longo do caminho.

7. Excursão às Montanhas Atlas e ao deserto de Agafay com passeio de camelo

Também com uma rota semelhante, esta excursão tem como atração principal uma visita mais aprofundada ao deserto de Agafay, que é um deserto próximo a Marrakech (muito popular para passeios de camelo como os incluídos no tour) em que crescem as plantas que produzem óleo de argan (se tiver oportunidade aconselho a comprar uma garrafa porque em outros países costuma ser mais cara e nem sempre é puro).

O preço do tour também inclui bebidas, guia, transporte para o hotel, passeio de camelo e, com adicional de 6 euros, almoço.

Itinerário

  • Deserto de Agafay
  • Montanhas Atlas
  • Atlas Falls
  • O Vale Imlil
  • O Vale de Asni
  • O Vale do Amizmiz
  • Aldeias Berberes
  • Cachoeira Naqab

Pôr do sol no deserto de Agafay
Pôr do sol no deserto de Agafay

8. Tour privado pelas barracas de Medina

Este tour privado pelas barracas da Medina é focado principalmente nas barracas, no souk e para aprender sobre os artesanatos e objetos que são vendidos em cada uma deles: cerâmica, tinta, couro, chá, tapetes, roupas, joias, especiarias, etc. No entanto, três horas são um longo caminho e você também visitará outras partes menos comerciais da Medina. E, o mais importante, terá tempo para conversar com seu guia local sobre os aspectos que mais chamam sua atenção na vida da cidade.

Você encontrará seu guia na praça Yamaa el-Fna (a praça é o centro de toda a cidade e é impossível passar despercebida). Se você está se perguntando qual é o melhor dia para reservar este passeio, eu digo que não importa: o centro de Marrakech é um fim de semana constante. O passeio dura cerca de três horas e é um passeio privado, portanto, o guia estará dedicado apenas a você e seus companheiros de viagem.

Por que eu gosto deste passeio

O coração de Marrakech está, sem dúvida, no souk e suas barracas que vendem especiarias, comida, couro, artesanato, cosméticos e muito mais. Passear é ficar boquiaberto em cada esquina. Não porque você esteja necessariamente procurando por algo, mas porque você sente que há milhares de objetos procurando por você para “contar” sua história.

Cada especiaria é útil para uma coisa, cada artesão tem sua técnica, cada pintor seu lugar favorito da cidade e cada cor seu significado. Por isso, entre todos os que fiz durante a minha visita, o meu tour preferido por Marrakech foi o que me levou a “fazer compras” na Medina.

Um conselho!: pechinchar é uma arte em Marrakech (e no Marrocos), por isso não se deixe levar pelos preços elevados ou pelas exigências dos lojistas.

9. Tour de um dia privado em Marrakech

Os entusiastas do turismo encontrarão nesta modalidade a melhor opção. Neste tour privado em Marrakech, o guia é dedicado exclusivamente a um viajante e seus companheiros de viagem, ao invés de um grupo organizado.

É a forma mais completa de conhecer a cidade de Marrakech porque, além do atendimento personalizado, é um dos tours mais longos: de 7 a 9 horas de passeio pela cidade e seus atrativos.

Sobre o que é este tour

A duração do tour permite abordar vários aspectos. Há uma parte do tour que terá como foco o turismo mais “tradicional”; ou seja, os monumentos mais importantes da cidade serão visitados, e a sua história e o motivo da sua importância serão conhecidos (os ingressos para eles não estão incluídos no preço da visita).

Em seguida, o guia irá acompanhá-lo para visitar as diferentes barracas do souk e lá você poderá conversar com os comerciantes e artesãos, aprendendo mais sobre sua profissão e seu modo de vida. Por fim, ao longo do passeio o guia também falará sobre a cultura e a tradição árabe, o que permitirá ao viajante se aproximar mais do país e de seus costumes.

Itinerário

  • Mesquita Ben Youssef
  • A cúpula dos almorávidas
  • Praça Jemaa el-Fna
  • Os túmulos Saadianos
  • O bairro judeu
  • Palácio da Bahia
  • O Minarete da Koutoubia

Caminhando entre os mercados
Caminhando entre os mercados

10. Excursão ao Vale Ourika

O Vale Ourika é uma das zonas mais bonitas do Marrocos, tanto pela beleza da sua paisagem como pela tranquilidade e sossego da zona. Se o que você busca é uma excursão onde você possa se desconectar e ir no seu próprio ritmo e aprender um pouco mais sobre o modo de vida local, esta é uma das suas melhores opções.

Durante a visita ao vale Ourika você fará uma caminhada em grupo pelas áreas com as melhores vistas da região e então poderá percorrer a cidade no seu próprio ritmo. O almoço não está incluído nem o guia local (embora possa contar com os seus serviços por um adicional de três euros); A excursão consiste no tranfer do hotel em Marrakech em um veículo com capacidade para 15 pessoas equipado com ar-condicionado.

11. Excursão às cachoeiras de Ouzoud

A excursão para as cachoeiras de Ouzoud é uma das mais longas (um total de cerca de 10 horas). Esta paisagem fica a cerca de três horas de carro de Marrakech, mas o espetáculo que você vai aproveitar ao chegar vale a pena. Localizadas em uma paisagem de colinas áridas, estas são as cachoeiras mais altas do Norte de África e esta excursão permitirá que você as explore a pé, relaxe nas margens delas e veja os macacos que habitam a região.

As cascatas de Ouzoud são uma das principais atrações das montanhas do Marrocos e este tour foi pensado para que você possa explorá-las ao seu próprio ritmo. O ponto de partida e retorno será o seu hotel em Marrakech e você pode trazer seu próprio almoço (eu recomendo) ou comprar algo nos cafés da região.

Vistas das cachoeiras de Ouzoud
Vistas das cachoeiras de Ouzoud

12. Excursão para Essaouira

Essaouira é uma vila de pescadores longe de paisagens montanhosas e desertos, mas ainda é uma das excursões mais populares feitas a partir de Marrakech. Esta cidade conhecida como "A Pérola do Atlântico" é ideal para descansar um dia da agitação de Marrakech, para provar os seus excelentes peixes e, se for para passar mais de um dia, faça um dos percursos a pé que partem daí.

Se você quiser saber mais sobre esta excursão, pode consultar este outro artigo sobre Excursões a Essaouira partindo de Marrakech.

13. Organize sua excursão saindo de Marrakech

Como reservar

O método de reserva online de qualquer excursão em Marrakech é o mesmo. Ao reservar sua vaga, você deve escolher o dia em que deseja fazê-la; Por se tratarem de excursões de dia inteiro, o horário de saída é sempre a primeira hora da manhã (entre 7h00 e 9h00, dependendo da distância do local a ser visitado).

Depois de fazer a reserva, um e-mail será enviado solicitando seus dados de contato e o endereço do hotel onde você está hospedado, caso o tour tenha a opção de transfer no hotel. Assim que esses detalhes forem fornecidos, você receberá as informações sobre o horário de partida e o ponto de encontro. Lembre-se de que muitas dessas excursões incluem cancelamento gratuito, mas sempre com pelo menos 24 horas de antecedência.

As melhores datas

As excursões costumam ter saídas todos os dias da semana, embora dependa da capacidade e dos motoristas disponíveis. O clima em Marrocos é sempre o mesmo (quente e sem chuva); isso implica que, independentemente das datas de sua viagem, a maioria das excursões estará disponível.

Como a capacidade deste tipo de excursão está sempre limitada à lotação do veículo de transporte, você não terá que se preocupar se é melhor fazê-lo no final de semana ou nos dias de semana.

Excursões de Marrakech com crianças

A maioria dos locais a visitar fica à uma distância considerável de Marrakech e para as crianças pequenas a viagem pode ser entediante, assim como as caminhadas que se realizam no destino. De qualquer forma, ao fazer a reserva, você pode perguntar se a excursão é adaptada para os pequenos ou não, já que em alguns locais como Essaouira podem ser uma exceção.

Forma física necessária

Você não precisa da resistência de um atleta para fazer este tipo de excursão, mas a maioria delas inclui caminhadas ou escaladas (em áreas como as cachoeiras de Ouzoud você perderá vistas importantes se não puder realizá-las), sejam estas atividades em grupo ou individuais. Se tem problemas de saúde, problemas de coluna ou mobilidade reduzida, é melhor optar por outros tipos de tours mais acessíveis.

A comida

É muito importante que você verifique no momento da reserva se a comida está ou não incluída no preço (às vezes não está, mas você pode obtê-la pagando um adicional e recomendo se a opção for para desfrutar de uma refeição típica com uma família berbere). As excursões duram um dia inteiro e pode ser necessário recarregar as baterias ao longo do caminho, por isso, mesmo que tenha almoço incluído, recomendo que sempre traga algo para comer.

Algumas áreas também são ideais para piqueniques, embora tenham cafés ou restaurantes locais onde podem servir algo para você, então tenha isso em mente ao escolher. A água também é importante; No Marrocos, a água não é potável em grande parte do território, por isso, se a excursão não a incluir, não se esqueça de colocar uma garrafa na mochila.

O que levar

Além de água e comida se necessário, não custa nada carregar sua câmera na mochila (você verá paisagens impressionantes) com bateria suficiente (a excursão dura um dia inteiro) e algum entretenimento se for o caso. O caminho até o destino é muito longo.

Em termos de roupa, separe principalmente aquela que é confortável, que inclui um tênis esportivo e que seja próprio para o verão. No Marrocos as temperaturas são altas, então nada de vestimentas muito quentes. Caso deseje, um casaquinho leve será mais que suficiente para te cobrir no caminho até o destino, visto que a maioria dos veículos têm ar-condicionado.

Passeios de camelo

Algumas dessas excursões incluem o passeio de camelo; esta pode ser uma experiência muito agradável, mas há pessoas que têm medo de subir neles ou simplesmente não gostam da ideia. Não deixe a excursão de lado por causa disto.

Os camelos viajam em caravana, na maioria das vezes guiados por um guia berbere que faz a viagem a pé; você pode caminhar ao lado dele, se desejar. Se, ao contrário, o que mais te atrai nessas excursões é justamente o passeio de camelo, você pode ler mais sobre as opções disponíveis neste artigo.

Paradas comerciais

Embora nem sempre sejam anunciados, muitas dessas rotas têm várias paradas ao longo do caminho; uns são para contemplar a paisagem, mas outros são para visitar as lojas de produtos locais e, claro, para fazer compras.

Não é obrigatório fazê-lo ou dar gorjeta a quem lhe mostra a fabricação dos produtos locais, mas em casos como a excursão ao deserto de Agafay onde se fabrica o óleo de argan, pode valer a pena pois você encontrará preços ligeiramente mais baixos do que no centro de Marrakech. Em qualquer caso, esteja preparado para essas paradas, porque elas podem ser um tanto tediosas, porém são inevitáveis.

Dica de viajante de Ana

Essas excursões podem incluir caminhadas e escaladas; não é necessário estar em boa forma física, mas não são adequados para pessoas com problemas de coluna ou de saúde em geral.

14. Informações práticas sobre os tours guiados por Marrakech

Cuidado com os guias não oficiais que você encontrará na Medina

É comum que um morador local (geralmente crianças) se aproxime de você enquanto caminha pelo souk pedindo para “mostrar” a cidade em troca de uma gorjeta. Estes não são guias especializados e tudo o que farão é levá-lo para um tour correndo pelo souk sem explicar nada para você.

Na verdade, às vezes pode até ser um pouco arriscado porque o "tour" está longe da área turística segura. Tenha isso em mente e desconfie desse tipo de proposta (prevenir é melhor do que remediar) e reserve seu tour com antecedência para evitar decepções ou engano.

Certifique-se de que o que eles oferecem está incluído no tour

Em relação a isto, algo menos comum, embora também possa acontecer, é que durante as visitas a determinadas bancas do souk ou restaurantes vão te oferecer determinados produtos e te fazer pensar que são presentes que estão incluídos na visita, quando na realidade eles esperam você os pague no final.

Para evitar confusão e não ser rude no trato com os locais, mas também não se surpreender negativamente, o melhor é se certificar do que está incluso no passeio e, em caso de dúvida, pergunte ao seu guia. De qualquer forma, depois de qualquer visita guiada à cidade, você saberá como lidar muito melhor com essas situações.

Aproveite ao máximo sua visita guiada

Aproveite a oportunidade oferecida pela visita guiada para fazer perguntas ao seu guia; a obrigação de aceitar ou não um chá de menta quando for oferecido, a forma mais adequada de se vestir, como cumprimentar os locais, como se comportar em locais sagrados, etc.

Sobre fotos

No Marrocos, tudo pode ser tão exótico que é comum querer tirar mil fotos; nos monumentos não haverá problemas, mas se for fotografar pessoas ou produtos artesanais peça autorização antes.

Dica de viajante de Ana

Desconfie dos habitantes locais que vêm ao seu encontro no souk para oferecer um passeio por conta própria.

15. Se você está interessado em tours e excursões em Marrakech, você também estará interessado...

O melhor dos tours guiados pela cidade, pelo menos para mim, é ser capaz de me sentir um local por algumas horas e não só observar os pontos turísticos, mas ter informações para os compreender e contextualizar como vivem aquelas pessoas. Se o que você procura é um sentimento semelhante, recomendo escolher um passeio de camelo no qual tenha contato com os berberes que vivem em aldeias no deserto. Aqui você pode ler meu guia sobre Passeios de Camelo.