Parcele sua compra em até 6 vezes no cartão de crédito. Visa card MasterCard Black card American Express Black card

Visite a Ópera Garnier em Paris

Apesar da lista interminável de monumentos espetaculares, talvez o maior emblema de Paris seja o edifício da Ópera. Hoje em dia é possível visitá-lo sem pagar para ver um espetáculo, então não há desculpas para perdê-lo.

Como visitar a Ópera de Paris

Há vários tours que permitem que você visite a Ópera de Paris; eu te resumo todos para você possa escolher o que melhor se adapte a sua viagem:

Ópera Garnier em Paris
Ópera Garnier em Paris

Tour guiado da Ópera Garnier

Como se recomenda na maioria dos pontos turísticos de Paris, é melhor comprar os ingressos para a Opéra Garnier antecipados para evitar esperas e garantir o seu acesso para o dia e hora escolhidos. Se você escolher a opção do tour guiado da Ópera, você terá a possibilidade de selecionar um passe fora do horário habitual de visita (das 10h às 17h) e assim poder ver o interior da Ópera sem muito público.

Em que consiste a visita

Este tour guiado dura aproximadamente uma hora e meia, e é realizado por um guia especializado na Opéra de Paris que te dará fones de ouvido para ouvir todas as explicações e não perder nada. O ponto de encontro será no mesmo prédio da Ópera e você só terá que apresentar o comprovante que te foi enviado por e-mail ao fazer sua compra para trocar pelo seu ingresso.

A diferença de valor de entrar na ópera sem um tour guiado é de mais ou menos 5 euros. E não se esqueça que crianças menores de cinco ano não são permitidas nesta visita.

Ana’s Traveller Tip

Se você quiser visitar a Ópera de Paris sem aglomerações, há uma opção para fazer um tour privado fora do horário de visitação.

Tour guiado da Opéra Garnier, Palais Royal e seus arredores

A Opéra de Paris é um símbolo do estilo de vida da Paris mais afortunada, que se pode ver refletido nos edifícios em seus arredores e nas galerias comerciais que a cercam. Uma das opções mais práticas para conhecer a área é escolher um tour que combine o o tour guiado da ópera com um tour a pé pelos arredores e uma visita ao Palais Royal, localizado entre os bairros da Ópera e de Tulleries.

Em que consiste o tour

Este tour dura cerca de três horas e durante ele você descobrirá não só a história do edifício da Ópera, mas também o que está presente em um dos bairros da moda de Paris, símbolo da opulência histórica desta cidade.

Da cobertura da Galeria Lafayette que você terá uma vista panorâmica de toda a cidade e você poderá se encantar com Paris enquanto te contam histórias da alta sociedade parisiense e dos escândalos da nobreza. O itinerário deste tour é o seguinte:

Place des Pyramides

Uma das muitas icônicas praças que a capital da França possui, no Distrito 1 da cidade onde está estátua equestre de Joana D'Arc. Sem dúvida o guia irá aproveitar esta primeira parada para contar a mítica mítica da donzela de Lorena.

Teatro du Palais Royal

O Palácio Real em Paris foi a casa do Cardeal Richelieu no início do século XVII. Hoje abriga o Conselho de Estado e o Ministério da Cultura entre outros lugares simbólicos da organização política do país, mas sua verdadeira atração são as galerias cobertas cheias de lojas e galerias de arte. Você irá visitá-las durante o tour, mas eu recomendo que você volte outro dia para ir às compras pela região.

Galerie Vivienne

É uma das galerias cobertas mais icônicas de Paris. Seus telhados de vidro e a decoração dos seus espaços a conferiram o reconhecimento de ser declarada monumento histórico da cidade.

Opéra Garnier

O tour inclui a entrada e uma visita guiada para a Ópera de Paris com um guia especializado que provavelmente te contará como espetáculos óperas como La Traviatta e O Fantasma da Ópera foram criadas e realizadas na Ópera Garnier.

Galeria Lafayette

Se você é um amante de compras, este será um dos seus paraísos. Guarde a localização e volte mais tarde para passear por este centro comercial sem pressa e pergunte ao seu guia onde o melhor lugar é para comprar presentes originais. Durante a sua visita, você irá até o terraço para apreciar as vistas dessa região; prepare sua câmera.

Igreja Madeleine

Esta igreja em estilo grego é uma das mais visitadas da capital. Suas 52 colunas e as suas portas de bronze com baixos-relevos, mostram os Dez Mandamentos. Uma parada ideal para aprender mais sobre o papel que a religião tem desempenhado em Paris ao longo dos séculos e como os assuntos da igreja podem estar relacionados com os da alta sociedade parisiense.

Praça da Concórdia

Esta é a segunda maior praça da França e está localizada no início da avenida Champs-Élysées. Que você verá no centro desta praça o obelisco de Luxor doado pelo Egito à cidade de Paris porém, há alguns séculos atrás, o que estava estava no seu centro era uma estátua de Luís XV erguida para celebrar sua melhora após uma longa doença.

Se você gosta das histórias da Revolução Francesa, este é o momento em que o seu guia te contará tudo sobre ela, pois esta praça foi uma dos locais mais sangrentas da época; onde estava a famosa guilhotina que decapitou personalidades como Maria Antonieta, Luís XVI e Robespierre.

Champs-Élysées

O tour guiada pela Paris imponente termina no início da Champs-Élysées. Eu recomendo que você aproveite para caminhar por ela enquanto aproveita das suas deslumbrantes vitrines e chegue no Arco do Triunfo onde você pode subir para ver uma das vistas mais solicitadas da cidade.

Se depois deste tour você ficar querendo mais, o bairro da Ópera ainda tem muito mais a oferecer. Este é o caso do Musée Grévin, o museu de cera de Paris que abriga os famosos espelhos distorcidos, do Palais de la Bourse, o edifício de estilo neoclássico onde se concentra a atividade econômica da cidade, ou também as lojas especializadas em trufas, champagne e caviar na Place de la Madeleine.

Vistas do terraço da Ópera de Paris
Vistas do terraço da Ópera de Paris

Visite a Opéra Garnier com o Paris Pass

Se a Ópera de Paris é um dos prédios que você com certeza quer visitar durante sua viagem, talvez seja melhor você adquirir o Paris Pass. Este é um passe turístico para a cidade que te permite entrada gratuita em vários monumentos e museus em Paris (incluindo o edifício da Ópera) e descontos em muitos outros.

Com o Paris Pass você pode visitar a Ópera de Paris gratuitamente e também fazer o tour guiado do seu interior. Na minha experiência, o Paris Pass é o passe disponível da cidade mais completo; levando em conta todos os locais que a cidade tem a oferecer, usá-lo (não importa os dias que escolha) vale a pena, mas também requer um pouco mais de planejamento durante a sua visita a Paris, para que você o possa aproveitar ao máximo.

Eu escrevi um guia sobre Paris Pass cheio de conselhos de quando e pregá-lo, suas vantagens e desvantagens e tudo o que você precisa saber antes de comprá-lo.

O que ver na Opéra Garnier em Paris

A Ópera de Paris é um edifício que já vale a pena ver por fora; tanto durante o dia para apreciar todos os detalhes arquitetônicos deste edifício neo-barroco, como à noite, quando é uma das atrações mais poderosas de Paris iluminada. Se a fachada já tem sinais de luxo e ostentação, entrar na Ópera é como entrar em uma pequena versão de Versalhes.

O telhado

Os ingressos para a Ópera de Paris te darão acesso ao lugar que inspirou a conhecida obra de Leroux "O Fantasma da Ópera". O teto do auditório, onde a ópera e o balé ainda são apresentados, é um dos principais detalhes a serem observados durante a visita.

A decoração

A decoração dos corredores e salas onde as principais figuras da elite parisiense do século XIX se moviam está decorada com lâminas de ouro, lustres de cristal e mosaicos; um símbolo da opulência da época e de como a cidade de Paris era um dos centros europeus principais em termos de sociedade e cultura.

A escadaria

A escada de mármore branco que liga os dois níveis do edifício é também uma peça chave da visita ao interior do edifício, que foi projetada pelo arquiteto Charles Garnier durante o reinado de Napoleão III.

Organize sua visita à Ópera de Paris

Como chegar

A Ópera de Paris está localizada no Quartier de L'Opera, um bairro central ao norte dos Jardins de Tuileries e do Museu do Louvre. Este é um bairro ideal para fazer compras e passear tranquilamente sem muitos turistas e você pode chegar a ele dando um passeio dos bairros próximos (o Louvre e Champs-Élysées) ou por metrô (linhas 3, 7 e 8).

Horário

O horário de abertura da Opéra de Paris é das 10h às 17h de segunda a domingo, mas há feriados em que a visita pode ser cancelada. O tour guiado geralmente dura uma hora e meia, mas se você for visitar o local sozinho uma hora seria o suficiente para vê-lo todo. Isto permitirá que você combine a visita à Ópera de Paris com outras atividades ou museus que você deseja ver durante a sua viagem.

Eu recomendo ir no último horário (às 16h30) para aproveitar ao máximo a tarde nas proximidades da Ópera e deixar a manhã livre para visitar outros lugares, como o Museu do Louvre que precisam de mais tempo para visitar

Visitar com crianças

Você pode visitar a Ópera com crianças, mas na maioria dos tours guiados, crianças menores de cinco anos não são permitidas. Mesmo assim, na minha opinião a Ópera é um dos lugares mais apropriados em Paris para visitar em família, pela curta duração e também porque os pequenos não se cansarão como em outros museus.

Onde comer

Se você quiser comer pelo bairro antes ou depois de sua visita, você encontrará tanto restaurantes simples quanto cafés elegantes em que você poderá se deliciar com a típica comida francesa sem a aglomeração de outras áreas mais concorridas da capital.

Ana’s Traveller Tip

Aproveite a oportunidade de estar na área da Ópera Garnier para fazer um tour pelas luxuosas 'ruas' e galerias da região.

Outras formas de visitar a Ópera

Visita por conta própria

Se, por outro lado, você optar por comprar os ingressos para uma visita por conta própria, eu recomendo que você vá na bilheteria com bastante antecedência e, de preferência, uns 15 minutos antes da sua abertura às 10 horas da manhã. Crianças menores de 10 anos e portadores do Paris Pass terão entrada gratuita.

Embora a Opéra de Paris esteja aberta de segunda a domingo, pode haver dias específicos que excepcionalmente esteja fechada e você pode consultar no site oficial.

Assistir um espetáculo na Ópera de Paris

Uma coisa é visitar o prédio da Ópera de Paris e outra é assistir a uma de suas apresentações. Escolhendo a segunda opção (ou a primeira) te dará acesso ao salão principal no momento da apresentação, mas não de visitar o restante do edifício (na verdade, as apresentações estão fora do horário de abertura ao público).

Se você quiser comprar ingressos para qualquer show da Opéra de Paris, você pode fazê-lo diretamente na bilheteria (embora você tenha que comprá-los com vários dias de antecedência) ou no site oficial.

Vista da parte de trás da Ópera
Vista da parte de trás da Ópera

Se você tem interesse em visitar a Ópera de Paris, também te interessará...

Para mim, caminhar pelos corredores da Ópera de Paris foi muito parecido com a opulência e grandeza que pode ser vista no Palácio de Versalhes. Além do estilo de decoração luxuosa presente nos dois pontos turísticos, eu acho que é porque os dois locais estão transmitindo a mesma mensagem: a abundância de uma sociedade, por um lado, e a de uma monarquia absoluta, por outro.

Paris sempre foi o espelho no qual se olhava a Europa e eu acho que, embora cada um à sua maneira, ambos os edifícios mostram isso.

Se você gostou do estilo da Ópera de Paris, você certamente irá gostar do Palácio de Versalhes. Não se esqueça que o passeio é de um dia inteiro já que ele está localizado na subúrbio de Paris. Você pode comprar seus ingressos com antecedência e escolher que tipo de visita você quer fazer, e também pode ler mais sobre ele neste texto que escrevi sobre Excursões a Versalhes saindo de Paris.

Se você também quiser completar sua viagem a Paris com alguma visita cultural, eu te direi que Paris tem uma das ofertas mais ricas de museus da Europa.

Como sua variedade pode ser enorme ao escolher quais museus visitar, eu compilei meus favoritos neste guia sobre Os melhores museus, embora você provavelmente acabará escolhendo o Louvre, um dos mais populares do mundo. Eu deixo aqui este artigo sobre Ingressos Museu do Louvre caso você queira saber mais.