Excursões para El Teide

O majestoso pico do Monte Teide é um ponto obrigatório em uma viagem a Tenerife: com cerca de quatro milhões de visitantes por ano, veja aqui o que torna esse lugar tão especial e como preparar sua excursão.

Alex Grande

Alex Grande

Leitura de 8 minutos

Excursões para El Teide

Vistas do El Teide | ©Maxim berg

O Teide é a joia da coroa de Tenerife e o principal motivo para visitar as Ilhas Canárias, portanto, nenhuma viagem a esse lugar mágico estaria completa sem uma excursão ao imponente vulcão que é a montanha mais alta da Espanha.

Neste guia, selecionei as melhores excursões para o Teide, onde você ficará encantado com as paisagens vulcânicas e as incríveis vistas que a viagem lhe proporcionará.

1. Excursões ao Teide

Teide coberto de neve| ©Michal Mrozek
Teide coberto de neve| ©Michal Mrozek

2. Excursão de meio dia ao Teide

Los Roques García com o Teide ao fundo| ©El Coleccionista de Instantes Fotografía & Video
Los Roques García com o Teide ao fundo| ©El Coleccionista de Instantes Fotografía & Video

Nesta excursão de meio dia ao Teide, você descobrirá, com um guia local, as paisagens extraterrestres que cercam o vulcão e subirá ao seu cume em uma rota que não deixará de surpreendê-lo.

Itinerário

Seu guia irá buscá-lo em seu hotel em uma minivan e você seguirá em direção ao Parque Nacional do Teide por uma estrada de montanha através de florestas de pinheiros majestosos e, como se fosse um túnel, terminará abruptamente e você se encontrará de frente para o Teide sob o céu aberto infinito.

Você começará a rota descobrindo as paisagens impossíveis formadas por lava e terra vulcânica, ao longo de uma das trilhas mais acessíveis e bonitas do parque, os Roques de García. Lá você encontrará esses menires de rocha formados pelo capricho da natureza que são testemunhas imutáveis de toda a beleza que os rodeia.

Depois de ver de perto alguns desses megálitos naturais, como "La Catedral", "El Dedo de Dios" ou "La Cascada", você continuará por uma paisagem de lava congelada no tempo, onde todos os tipos de insetos nativos, como lagartos, centopéias, libélulas e louva-a-deus, vivem entre as giestas.

A subida final ao vulcão Teide pode ser feita a pé ou de teleférico para proporcionar vistas espetaculares acima das nuvens, entre as quais você verá o horizonte da ilha que se estende até o mar.

Por que eu recomendo essa excursão

Visitar o Teide em uma excursão organizada tem várias vantagens, provavelmente a mais importante delas é que você não precisa planejar a rota por conta própria. Além disso, ir com um guia lhe dará a tranquilidade de saber para onde está indo e de que não perderá nada de interessante.

Outra coisa muito importante é que você tem a garantia de um traslado de ida e volta para o hotel e evita ter de solicitar a permissão necessária para escalar o Teide (que você teria de solicitar on-line se quisesse escalar sem fazer uma excursão organizada).

Informações úteis

  • Tamanho do grupo: máximo de 15 pessoas
  • O que estáincluído: Transporte de ida e volta para seu hotel, guia profissional, taxa de entrada no Parque Nacional do Teide.
  • O que NÃO está incluído: Bilhete de teleférico para o Teide (deve ser comprado com antecedência on-line).

Dica de viagem do Alex

Há um pequeno problema para escalar o Teide sem uma autorização: o controle de acesso é das 9h às 17h e, fora desse horário, não é necessário apresentar uma autorização para escalar, embora uma caminhada no Teide à tarde não seja a melhor opção. É melhor ir em uma excursão organizada, pois isso inclui uma permissão para subir ao cume.

3. Passeio completo por Tenerife: Teide, Icod, Garachico e Masca

Antigo dragoeiro de Icod de los Vinos| ©Miguel Ángel García.
Antigo dragoeiro de Icod de los Vinos| ©Miguel Ángel García.

Tenerife é uma ilha cheia de recantos encantadores, paisagens vulcânicas, cidades remotas e vilarejos com tradições que remontam aos tempos dos Guanches, os aborígenes das Ilhas Canárias. Neste passeio completo pela ilha de Tenerife, você descobrirá um pouco de cada um deles em uma bela viagem.

Itinerário

Depois de buscá-lo no hotel, o guia levará você e o restante do grupo a Vilaflor, um vilarejo a 2.500 metros de altitude, de onde você terá uma vista panorâmica da ilha. De lá, você seguirá para o Parque Nacional Teide, a joia das Ilhas Canárias e uma das áreas naturais mais importantes da Espanha. Você escalará o vulcão e admirará o pico do Teide, apreciando as incríveis paisagens do parque no caminho.

A excursão continuará até Icod de los Vinos, que, como você pode imaginar, é famosa por seus deliciosos vinhos Malvasia, um vinho doce feito com esse tipo de uva. Icod também é conhecida pelo Drago Milenario, uma árvore antiga e símbolo cultural de Tenerife.

Em seguida, você visitará Garachico, um vilarejo que foi destruído por uma erupção vulcânica no início do século XVIII, mas que renasceu das cinzas para se tornar o lugar encantador que é hoje. Sua bela igreja e o Roque de Garachico, uma ilhota na entrada do mar em frente ao vilarejo, fazem desta uma visita inesquecível.

E agora, terminando a excursão, você explorará a área de Masca, um vilarejo pequeno e remoto cercado por ravinas e penhascos que costumava ser um local de refúgio, descanso e uma base de operações para piratas. No caminho de volta, você passará por Santiago del Teide e pelo penhasco Los Gigantes antes de retornar ao seu hotel.

Por que eu recomendo este passeio

Essa experiência abrangente é perfeita se você quiser explorar a ilha e conhecê-la de antemão e, em seguida, ir por conta própria à área que mais lhe agrada para conhecê-la em profundidade. É melhor realizá-la nos primeiros dias de sua viagem a Tenerife.

Informações úteis

  • Duração: das 7 às 8 horas
  • Preço: 69.
  • Tamanho do grupo: 15 pessoas
  • O que está incluído: Transporte privado, traslado de ida e volta ao seu hotel, guia profissional, taxa de entrada no Parque Nacional do Teide.

4. Excursão de meio dia ao Teide em um pequeno grupo

Vista aérea do Parque Nacional do Teide| ©Jonathan Rubio H.
Vista aérea do Parque Nacional do Teide| ©Jonathan Rubio H.

Visitar o Teide em um pequeno grupo, com uma parada para almoço com pratos típicos da ilha e descobrir todos os segredos da paisagem vulcânica, bem como sua fauna e flora, é o que promete esta excursão de meio dia ao Teide em um pequeno grupo.

Itinerário

Saindo do seu hotel, você partirá para as paisagens vulcânicas e extraterrestres do Teide. Levando em conta o nível físico de cada membro do grupo, você seguirá uma rota adaptada pelo Parque Nacional do Teide, visitando alguns de seus pontos mais bonitos com seu guia.

Você fará uma parada no Parador del Teide, uma antiga cabana de montanha convertida, para almoçar e tomar um "barraquito", um café típico das Canárias com licor e leite condensado.

À tarde, você visitará um jardim botânico e um centro de informações para aprender sobre as diferentes características geológicas do parque, bem como as particularidades de sua fauna, flora e valor arqueológico. Você poderá visitar um tubo vulcânico em seu interior e assistir a projeções informativas para aprender sobre a origem dos lugares pelos quais passou durante o percurso.

Por que eu recomendo este passeio

Essa experiência é perfeita se você estiver viajando para Tenerife com crianças: a rota será adaptada a elas e elas poderão aproveitá-la sem problemas, e a visita ao centro de visitantes será bastante divertida, especialmente se elas se interessarem por biologia e geologia. Além disso, como se trata de um grupo pequeno, não há risco de os pequenos ficarem sobrecarregados em um mar de gente.

5. Excursão noturna ao Teide

Contemplar a beleza das estrelas no firmamento| ©El Coleccionista de Instantes Fotografía & Video
Contemplar a beleza das estrelas no firmamento| ©El Coleccionista de Instantes Fotografía & Video

Para ver o céu estrelado como você nunca viu antes, nesta excursão ao Teide para assistir ao pôr do sol e observar as estrelas, você fará uma rota astronômica onde verá estrelas cadentes cruzando as constelações na escuridão total.

Itinerário

Você encontrará o grupo na entrada do Parque Nacional do Teide e, acompanhado pelo seu guia profissional e especialista em astronomia, fará uma rota com a última luz do dia até o ponto de observação.

Ao anoitecer, você terá se sentado em um ponto alto para observar o céu noturno em um ambiente privilegiado, sem distrações ou obstáculos, longe de qualquer tipo de poluição luminosa. Ao pôr do sol e no meio da montanha, estará bastante frio, mesmo no verão, portanto, recomendo que leve roupas quentes e bons calçados. Você também precisará de algo para comer e uma garrafa de água.

Por que eu recomendo essa excursão

Não é um substituto para uma caminhada de um dia no Parque Nacional do Teide, pois você perderia a beleza e a majestade de suas paisagens, mas se você já tiver escalado o vulcão, é uma experiência única que com certeza você vai gostar, especialmente em casal.

Informações úteis

  • Duração do passeio: 6 horas 30 minutos
  • Preço: 94.

6. Excursão de jipe ao Teide e Masca

Aprecie as belas paisagens de Masca em seu jipe.| ©Jason Boldero
Aprecie as belas paisagens de Masca em seu jipe.| ©Jason Boldero

Uma experiência diferente e aventureira: a excursão de jipe ao Teide o levará do seu hotel até o cume do vulcão em uma rota entre trilhas.

Itinerário

Você explorará o Parque Nacional do Teide a bordo de um 4x4, parando ocasionalmente para admirar as paisagens vulcânicas e tirar fotos, enquanto o guia especializado em geologia explica a origem das formações rochosas que você encontrará.

No jipe, sempre com vistas espetaculares do majestoso Teide, você atravessará o parque e percorrerá a estrada sinuosa até chegar a Masca, um vilarejo de montanha no topo de uma ravina, onde você fará uma parada para comer um menu típico das Canárias.

Por que eu recomendo esse passeio

Se estiver procurando conforto, essa não é a experiência ideal para você, pois um passeio de jipe é um pouco mais acidentado e acidentado do que uma excursão em uma minivan. Se estiver em busca de aventura, não perca esse passeio de 4x4 pelo Teide.

Informações úteis

  • Tamanho do grupo: máximo de 6 pessoas
  • O que estáincluído: Traslado do seu hotel e retorno, guia profissional, taxa de entrada no Parque Nacional do Teide.
  • Oque NÃO está incluído: Almoço (não incluído no preço)

Perguntas e respostas sobre o Parque Nacional do Teide

Aqui estão algumas coisas que eu gostaria de ter sabido antes de minha primeira viagem a Tenerife, onde visitei o Teide por conta própria e descobri tudo à medida que avançava.

Preciso de um ingresso para entrar no Parque Nacional do Teide?

A única maneira de chegar ao cume do Teide é a pé e, para isso, você precisa de uma autorização emitida pela rede do Parque Nacional para um máximo de 200 pessoas por dia. Depende da época do ano, mas normalmente, quando você solicita a permissão, não há nenhuma disponível para os dois ou três meses seguintes.

Por esse motivo, recomendo excursões organizadas, pois, entre outras vantagens, elas evitam que você precise solicitar essa permissão.

Por outro lado, a permissão é totalmente gratuita e esse é o único ingresso necessário para subir o Teide.

Como funciona o teleférico do Teide?

A opção mais popular para visitar o Teide é pegar o teleférico da Estação Base. Há um estacionamento gratuito no local (para cerca de 200 veículos) e você pode pegar o teleférico, que em uma incrível viagem de 8 minutos com vistas de tirar o fôlego o levará à Estação Superior, a uma altitude de 3.555 metros.

Uma passagem de ida e volta para o teleférico custa € 37 (ida e volta) ou € 21 (ida e volta) por pessoa e só pode ser comprada no site oficial com bastante antecedência.

Como faço para subir o Teide por conta própria?

Há várias rotas para subir o Teide: a rota número 10(chamada Telesforo Bravo), que começa na estação superior do teleférico e leva cerca de 40 minutos de ida. É bastante íngreme e a dificuldade é um pouco alta, mas é a maneira mais rápida de chegar ao cume.

Se você quiser fazer uma rota de um dia, a rota mais conhecida é a número 7 (Montaña Blanca - Pico del Teide). Ela tem 8,3 km de extensão e leva cerca de 5 horas para ser percorrida, portanto, nem todo mundo pode ir e voltar no mesmo dia. Portanto, algo que pode lhe parecer bom é dormir no Refúgio de Altavista ( você terá que reservar com bastante antecedência) e continuar a rota nas primeiras horas da manhã para ver o nascer do sol do Teide.